CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Amastha não nega dívida de campanhas, mas diz que foi assumida pelo PSB

Amastha não nega dívida de campanhas, mas diz que foi assumida pelo PSB
5 (100%) 1 voto

O ex-prefeito de Palmas Carlos Amastha (PSB) não nega em nota que enviou à imprensa a dívida de campanha de R$ 621 mil, mas garante que não é dele, mas do partido, do qual ele mesmo é o presidente regional. Conforme o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o débito foi acumulado nas duas campanhas de Amastha a governador no ano passado, a suplementar de junho e a ordinária de outubro.

“A dívida de campanha, que foi devidamente assumida pelo partido, está sendo negociada com os credores e inclusive várias delas já pagas”, garantiu o ex-prefeito na nota.

Amastha postou um vídeo nas redes sociais na manhã desta quinta-feira, 14, em que afirma que vai propor um acordo com os proprietários do complexo de delegacias da Polícia Civil em Palmas. Ele se disse disposto a assumir os alugueis em atraso para evitar o despejo, já determinado pela juíza Cibele Maria Bellezia, da 1ª Vara da Fazenda e Registros Públicos de Palmas.

Com juros e correção, a dívida do Estado com o dono do imóvel era de R$ 224 mil até outubro. O último pagamento teria sido realizado em abril de 2017. 

No vídeo, Amastha disse que não é “Papai Noel” e que pretende cobrar a dívida do Estado.

Na nota, o ex-prefeito diz que, sobre o pagamento de aluguel das delegacias, “quem está se propondo a pagar o valor é o cidadão Carlos Amastha”. “Ou seja, tentam mais uma vez confundir o cidadão. Vale destacar que não somente o cidadão Amastha está buscando soluções para o descaso do governo. Em São Valério, por exemplo, a comunidade se uniu para reformar banheiros e pintura de escola estadual, pois o governo do estado não atendeu ao pedido de melhorias (o assunto foi divulgado pela imprensa)”, diz o ex-prefeito.

Confira a íntegra da nota:

“Aliados do governo tentam confundir os tocantinenses mais uma vez, distorcendo os assuntos. A dívida de campanha que foi devidamente assumida pelo partido ( PSB) está sendo negociada com os credores e inclusive várias delas já pagas.

Sobre o pagamento de aluguel, quem está se propondo a pagar o valor é o cidadão Carlos Amastha. Ou seja, tentam mais uma vez confundir o cidadão. Vale destacar que não somente o cidadão Amastha está buscando soluções para o descaso do governo. Em São Valério, por exemplo, a comunidade se uniu para reformar banheiros e pintura de escola estadual, pois o governo do estado não atendeu ao pedido de melhorias (o assunto foi divulgado pela imprensa)”.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também