CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Apesar de respeitada no TJ, TCE e MPE, exoneração da ex-procuradora-geral de Palmas era esperada

Apesar de respeitada no TJ, TCE e MPE, exoneração da ex-procuradora-geral de Palmas era esperada
4.7 (93.33%) 12 votos

O ex-secretário de Regularização Fundiária Jota Patrocínio e a ex-procuradora-geral de Palmas Fernanda Cristina Nogueira de Lima são amigos de longa data. Se conheceram em Maceió (AL), depois trabalharam juntos na Agência Tocantinense de Regulação (ATR), presidida por Jota no último governo Marcelo Miranda (MDB); e agora voltaram a compor a mesma gestão, com a prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB), que exonerou ambos nessa quinta-feira, 25.

Rota de colisão

Nos bastidores do Paço da Capital, o que se diz é que a exoneração de Fernanda já era esperada, desde que entrou em rota de colisão com os ex-secretários Guilherme Ferreira e César Guimarães. Além disso, as fontes da prefeitura apontam insatisfação com ex-procuradora-geral nos últimos tempos por parte da prefeita e de seu novo homem-forte, o secretário-chefe da Casa Civil, Edmilson Vieira das Virgens.

Séria e competente

A ex-procuradora é tida como uma profissional muito séria e competente. Ainda é respeitada no Tribunal de Contas, Tribunal de Justiça e Ministério Público. “Dava segurança à gestão. Vai fazer falta”, avaliou um vereador, que preferiu não se identificar.

Advogado de Cinthia

O advogado e ex-juiz eleitoral Mauro José Ribas, novo procurador-geral do município, foi advogado de Cinthia em algumas causas.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também