CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

DEFESA LILÁS | União Brasil Mulher levanta debate sobre maior participação feminina na política

Discutir a ampliação da participação da mulher na política foi o tema principal do workshop “Defesa Lilás” promovido pelo União Brasil Mulher Tocantins nesta sexta-feira (11), em Palmas. A estratégia é fomentar o debate político de temas com relevância para as mulheres, buscando o engajamento delas na análise, criação e difusão de políticas públicas federais, estaduais e municipais. O evento reuniu diversas lideranças femininas tocantinenses entre prefeitas, vice-prefeitas, vereadoras, do judiciário, da segurança pública, comunicação e da sociedade organizada.

Presidente estadual do União Brasil, a senadora Professora Dorinha Seabra abriu o evento falando sobre “Mulher, poder e participação política”. Ela lembrou que, hoje, apesar da população brasileira ser formada por quase 52% de mulheres, a representatividade feminina na política é muito pequena. Para se ter uma ideia, no Congresso Nacional, num universo de 513 deputados federais e 81 senadores, são 15 senadoras e 93 deputadas federais, totalizando 18%. Esse percentual não muda em relação às Casas Legislativas estaduais e apenas dois estados brasileiros são governados por mulheres.

Dorinha citou ainda o alto índice de violência doméstica sofrida pela mulher, independente da classe social. “Ainda hoje nós, mulheres, podemos sofrer todo tipo de abuso. E não podemos jamais nos culpabilizar por isso, muito menos nos calar. É preciso lutar para mudar a realidade. E mais mulheres precisam entrar na política para lutar e dar voz a outras mulheres”.

A parlamentar trouxe dados de violência contra a mulher e as ações tomadas em defesa dos direitos das mulheres. Durante a sua gestão à frente da Procuradoria da Mulher da Câmara dos Deputados, foram votados 87 projetos de lei em defesa das mulheres, sendo que quase 50 se tornaram leis. No Senado, citou propostas contra a violência doméstica, da saúde da mulher, e de incentivo ao empreendedorismo feminino.

“Lembrem que nós temos outras mulheres que podemos ajudar. Nós temos voz e precisamos dar voz a outras mulheres. Uma mulher puxa a outra. É assim que tem que ser”, afirmou.

O evento Defesa Lilás ainda contou com cinco palestras com os seguintes temas:

  • Por que precisamos defender as mulheres brasileiras?
  • Você é fundamental para mudar sua cidade!
  • Quais são as soluções práticas para começar agora?
  • Turbinando sua comunicação pessoal!
  • Como construir seu projeto político?

(Da assessoria de imprensa)


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também