CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Com ajustes, Estado diz ter economizado R$ 160 milhões com pessoal no 1º semestre

Com ajustes, Estado diz ter economizado R$ 160 milhões com pessoal no 1º semestre
5 (100%) 10 votos

Em balanço do primeiro semestre deste ano, a Secretaria de Administração (Secad) afirmou que conseguiu reduzir 2,54 pontos percentuais o limite prudencial do Estado entre o último quadrimestre de 2018 e o primeiro de 2019. O titular da Secad, Edson Cabral, disse que isso significa uma economia de R$ 160 milhões com despesa de pessoal. O Tocantins saiu dos 57,89% de comprometimento da Receita Corrente Líquida (RCL) com funcionalismo para 55,35%.

Demissões

Para chegar a este limite prudencial, a estrutura de cargos do Estado também passou por alterações com a redução de 969 cargos comissionados e a extinção de mais de 50% dos contratos temporários. Segundo a Secad, com isso, o Executivo tem mantido a folha de pagamento em torno de R$ 300 milhões, programação financeira estipulada pela reforma administrativa.

Redução de gastos

A pasta estadual também destacou outras ações para a redução de gastos em áreas como publicidade, passagens aéreas, diárias, aluguéis, material de expediente, entre outros. Um exemplo é citado pela Secad é a garagem central, que vêm adotando um controle mais rígido no abastecimento da frota do Estado. Para isso, a Secad deve passar a centralizar, ainda este ano, a gerência de cartão combustível de todas as pastas, bem como a gestão da manutenção e locação de veículos.

Servidores devedores

Outra ação de destaque foi a recuperação de mais de R$ 1 milhão em créditos referentes a débitos não tributários de servidores – são restituições de pagamentos indevidos realizados através da folha. Em um ano, mais de 1,2 mil servidores devedores foram notificados e a expectativa da pasta é negociar e receber, no total, cerca de R$ 3 milhões. 


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também