CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.
governo-mobile-2

Apesar de figurarem entre os cinco primeiros com mais prefeitos eleitos, Célio Moura vê MDB e PSDB “enfraquecidos” após as eleições

Com o fim do segundo turno das eleições municipais, o deputado federal Célio Moura (PT) enviou material à imprensa com um  breve comentário sobre os resultados apresentados pelas urnas. “Uma das mais duras disputas na história recente do país, mas o PT sai das urnas em 2020 recuperando sua força”, disse também nas redes sociais.

Cidades de grande importância

Célio Moura minimizou a queda de desempenho do Partido dos Trabalhadores (PT) no pleito. A sigla cresceu no Tocantins, saltando de dois prefeitos eleitos para quatro e alçando 40 pessoas às Câmaras. Entretanto, o cenário nacional não foi tão animador. Os petistas passaram de 256 para 183 prefeituras. Apesar disto, o tocantinense destaca a relevância de alguns municípios. “Conquistamos  cidades de grande importância  para o País: Juiz de Fora (MG), ABC Paulista, Osasco e Diadema, dentre outros estados da federação”, lista. Apesar da queda, o PT ainda governará para cerca de 6 milhões de habitantes.

MDB e PSDB enfraquecidos

O deputado tocantinense não deixou de opinar sobre agremiações adversárias, focando em duas especificamente. “Os partidos que perderam força foram o PSDB e o MDB,  enfraquecidos  nestas eleições”, afirma. Apesar da análise do petista, o Movimento Democrático Brasileiro (MDB), mesmo com 262 prefeituras a menos, terminou o pleito com o maior número de prefeitos eleitos: 784. Já o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) também perdeu Paços – 284 – e fez em 2020 um total de 520 gestores, ficando na 4ª colocação. O PT foi o décimo primeiro no ranking de 2020.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também