CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Carlesse decide reformar Ponte de Porto Nacional e projeta liberar tráfego em 30 dias

Governador afirmou que as melhorias só poderão ser feitas a partir de agora por causa do tempo necessário para aquisição dos produtos que serão utilizados nos trabalhos

Carlesse decide reformar Ponte de Porto Nacional e projeta liberar tráfego em 30 dias
5 (100%) 10 votos

A Agência Tocantinense de Transporte e Obras (Ageto) inicia na segunda-feira, 6, uma série de melhorias na Ponte de Porto Nacional, interditada desde o dia 7 de fevereiro por decisão do Palácio Araguaia. Com esta reforma, o governador Mauro Carlesse (PHS) prevê a liberação para tráfego de veículo em até 30 dias.

“Devido aos problemas que a ponte estava apresentando e para evitar uma tragédia, tivemos que fazer a interdição. Não era o que queríamos fazer, mas foi preciso para preservar vidas. Iniciamos essas melhorias e, em 30 dias, a ponte estará liberada para veículos leves e caminhonetes”, resumiu o chefe do Executivo.

Mauro Carlesse anuncia obras na Ponte de Porto Nacional (Foto: Frederick Borges/Secom)

Obras
Dentre os serviços que serão executados pela Ageto estão a reestruturação e impermeabilização do pavimento; a substituição das juntas de dilatação; recuperação das passarelas de pedestres com reposição das placas de fechamento; a revitalização da iluminação e da sinalização da ponte; a construção de pórticos restritivos nos acessos da ponte e a instalação de equipamentos de monitoramento de velocidade.

O governador afirmou que as melhorias só poderão ser feitas a partir de agora por causa do tempo necessário para aquisição dos produtos que serão utilizados nos trabalhos e que, assim que os serviços sejam concluídos, irá liberar o tráfego de veículos pequenos e caminhonetes.

— Confira tudo o que o CT publicou sobre a Ponte de Porto Nacional

Nova Ponte
Sobre as obras da nova ponte, o governador reforçou já ter determinado à Secretaria da Infraestrutura, Cidades e Habitação (Seinf) maior agilidade no processo para a execução das obras.

De acordo com a Seinf, os trabalhos administrativos já estão em andamento e medidas jurídicas estão em curso para a realização de uma nova licitação. A publicação da nova concorrência deverá ocorrer em alguns dias.

O governador Mauro Carlesse disse também que pretende discutir com a população de Porto Nacional sobre o projeto da nova ponte. “A população vai nos ajudar a escolher o modelo da nova ponte, que além de uma grande obra, vai ser o novo cartão postal da cidade”, afirmou.

Reutilização
Mauro Carlesse destacou ainda que a antiga ponte não será destruída. “Devido Porto Nacional ser histórica, nossa intenção é fazer da antiga ‘ponte um ponto turístico. Vai ser um local de passeio, atividade física e lazer para as famílias e uma opção de travessia para pedestres e ciclistas”, frisou.

Os recursos para a construção da nova ponte estarão disponibilizados no contrato de empréstimo com a Caixa Econômica Federal, que está em fase final de liberação. No entanto, caso haja atraso na liberação desse empréstimo, o governador afirmou que o Estado já se prepara para iniciar as obras com recursos próprios, após o fim da licitação. (Com informações da Secom)


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também