CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Coligação do prefeito interino de Pugmil pede impugnação de adversários na suplementar

Coligação do prefeito interino de Pugmil pede impugnação de adversários na suplementar
5 (100%) 10 votos

Prefeito interino e candidato na eleição suplementar de Pugmil, Nazaré Amâncio (Cidadania), ingressou com quatro pedidos de impugnação contra as candidaturas das duas coligações adversárias no processo, a “Muda Pugmil”, de Dircineu Bolina (PSDB) e Ângelo Mario (MDB); e “A Verdadeira Mudança”, de Valmor Hagestedt (PSB) e Helena Rosa (PSL), cabeças de chapa e vices, respectivamente. O julgamento dos registros deve ocorrer até o dia 26 deste mês.

Sem a documentação necessária

Advogado da coligação de Nazaré Amâncio, a “Seriedade e Trabalho”, Fabrício da Fonseca relatou à Coluna do CT que os pedidos de impugnação se fundamentam, em especial, na falta de documentos na hora do registro, citando a falta da ata de convenção, da comprovação de filiação partidária e da certidão de quitação eleitoral, isto nas quatro candidaturas impugnadas. 

Desincompatibilização extemporânea

Em relação ao vice da chapa “Muda Pugmil”, Ângelo Mario, também é indicado que o pedido de desincompatibilização feito no dia 2 de janeiro está fora do prazo. O advogado afirma que o tucano deveria ter pedido afastamento do cargo de servidor efetivo no município quatro meses antes do pleito, que acontece no dia 2 de fevereiro.

OUTRO LADO

Coligação “Muda Pugmil” garante ter cumprido requisitos e diz que prefeito interino quer “tumultuar”


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também