CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.
governo-mobile-2

Com menos testes que Araguaína, Néris diz que panorama de infectados de Palmas “não é real”

O vereador Milton Néris (PDT) defendeu nesta terça-feira, 12, que Palmas é quem merece o título de epicentro da Covid-19 no Tocantins, não Araguaína, a atual líder em número de casos da doença. Com dados levantados até segunda-feira, 11, o oposicionista fundamenta a alegação com o número de testes feitos por cada município: a Capital testou 1.123 pessoas, enquanto 1.493 araguainenses foram testados.

Panorama de infectados da Capital não é real

Milton Néris destaca que Araguaína testa mais apesar de ter população significativamente inferior: 177 mil contra os quase 300 mil habitantes na Capital.  “O panorama de infectados em Palmas não é real e merece sim maior atenção”, afirma o vereador, avaliando negativamente a atuação do Paço. “Um trabalho de tartaruga, enquanto a população se isola há cerca de 60 dias e os números da doença, certamente, aumentam”, acrescenta.

Aquisição parece não ter dado certo

O oposicionista lembra que Araguaína adquiriu 1 mil testes rápidos – feitos pelo sangue -, e mais 2 mil de proteína c-reativa. “Já em Palmas, falou-se em 6 mil testes inicialmente, depois 250, e pelo visto nada deu certo até agora quanto à aquisição”, lamenta Neris.

Leitos

Para além da testagem, Milton Neris também compara a estrutura médica para atendimento de infectados. “Palmas está no abandono total, pois não desperta para a gravidade da doença e não investe em leitos e UTIs [Unidades de Terapia Intensiva]. É preciso investir em estrutura, enquanto as pessoas estão em isolamento – para isso que serve o isolamento –, criando alternativas para respaldar o sistema de saúde municipal”, observa. O vereador aponta a diferença nos números, destacando que Araguaína mantém 72 leitos – 29 UTIs -, espalhados em cinco unidades de saúde, incluindo a rede estadual e privada.

Medidas de contenção sem critério

Para o parlamentar, a gestão de Palmas mira apenas fechar, fechar e fechar serviços, sem critérios técnicos bem definidos ou esclarecidos. “Talvez estejamos crucificando quem está fazendo algo de concreto, Araguaína, e abonando quem não faz nada, Palmas”, pondera. “O que a prefeita Cinthia Ribeiro faz, além de recomendar isolamento e fechar serviços. Qual o investimento em equipamentos e infraestrutura?”, questionou por fim.

A Coluna do CT acionou a Prefeitura de Palmas para comentar as alegações do vereador e aguarda retorno.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também