CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.
governo-mobile-2

Em crise com Carlesse, congressistas do TO não querem ônibus escolares novos na frente do Palácio Araguaia

A profunda crise entre bancada federal e o Palácio Araguaia está gerando uma situação inusitada: congressistas insatisfeitos com o governador Mauro Carlesse (DEM) não querem que os ônibus escolares adquiridos com recursos deles sejam estacionados em frente ao Palácio Araguaia. A prática é tradicional antes entrega de veículos aos municípios.

Sem o Palácio

Para tentar contornar a crise, foi sugerido que os ônibus fossem colocados numa área próximo ao Ceulp/Ulbra, na Avenida Teotônio Segurado. Os insatisfeitos concordaram, desde que o governo não comparecesse à solenidade de entrega.

Só Gaguim e Gomes

Apenas o coordenador da bancada, deputado Carlos Gaguim (DEM), e o senador Eduardo Gomes (MDB) estariam aceitando colocar em frente ao Palácio os ônibus adquiridos com suas emendas. Outro também que não se opõe é o deputado Eli Borges (SD).

Mais de R$ 86,3 milhões

Os veículos devem ser entregues nas próximas semanas, num total de 428 ônibus escolares para todos os municípios tocantinenses, adquiridos com R$ 86.300.190 de emendas da bancada no Congresso, através do programa Caminho da Escola, da governo federal.

Do FNDE

Do total, R$ 64.430.190 são de emenda coletiva da bancada do Estado. Gaguim conseguiu mais R$ 5 milhões extras para uma primeira etapa; e, em conjunto com Gomes, obteve outros R$ 16,87 milhões. Os recursos são do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também