CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Em reunião com OMS, Kátia defende quebra de patentes; senadora critica Pazuello: cronograma da vacina é “peça de ficção”

Ouça a matéria

Presidentes das Comissões de Relações Exteriores da Câmara e Senado, respectivamente, o deputado Aécio Neves (PSDB-MG) e a senadora Kátia Abreu (PP-TO) se reuniram nessa quinta-feira, 1º, com o presidente da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom. Na pauta, entre outros aspectos da pandemia da Covid-19, os critérios de distribuição de vacinas entre os países do consórcio Covax Facility.

Risco para outros países

Kátia contou no Twitter que ela e Aécio sugeriram que sejam levados em conta também os critérios de risco de difusão do vírus para outros países e de gravidade da pandemia no Brasil. “Assim, o Brasil poderia talvez receber mais vacinas no curto prazo”, projetou a senadora tocantinense.

Quebra de patente

Ela ainda reforçou que o País “cometeu graves equívocos ao não ter encomendado doses na hora certa e não ter tomado as duras medidas sanitárias necessárias”. “Que sejamos parceiros na quebra da patente da vacina e que o governo tenha humildade para pedir apoio à OMS. Ainda há tempo de corrigir!”, garantiu Kátia.

Uma peça de ficção

Em outra postagem nessa quarta, a senadora ainda criticou o ex-ministro da Saúde general Eduardo Pazuello. “Antes que o dia 1° de abril chegue ao fim quero lamentar que todo o cronograma da vacina no Brasil não passa de uma grande mentira do ex-ministro Pazuello. Mentiu o tempo todo sobre um cronograma que nunca existiu. O tempo todo uma peça de ficção pra enganar a nação”, escreveu a senadora.

De Manaus para o Brasil

Segundo ela, “não satisfeito em inventar um cronograma de vacinas”, Pazuello “transmitiu a cepa de Manaus para todo Brasil por não ter planejado um corredor de Biossegurança”. “Fez tudo no improviso da sua ‘logística’ própria”, postou Kátia.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também