CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Kátia defende que Congresso reconheça estado de calamidade pública por coronavírus: “Crise vai se agravar”, diz

Kátia defende que Congresso reconheça estado de calamidade pública por coronavírus: “Crise vai se agravar”, diz
avaliar matéria

No Twitter, a senadora Kátia Abreu (Progressistas) defendeu que o Congresso reconheça o estado de calamidade pública no País em razão da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. A Secretaria de Comunicação Social da Presidência informou nessa terça-feira, 17, que o governo fará o pedido ao Parlamento.

Sem meta fiscal

Se reconhecido o estado de calamidade, a União não precisará cumprir a meta fiscal prevista para 2020. Conforme o jornal O Globo, o orçamento deste ano, sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro, admite déficit fiscal de até R$ 124,1 bilhões nas contas públicas.

Estamos atrasados

Para Kátia, a crise econômica “que já existia vai se agravar” com a pandemia. “E imporá mais sofrimento à população. Temos que aprovar medidas de alívio as pessoas. Já estamos atrasados pelo menos uma semana. Ligeiro gente!”, pediu a senadora tocantinense.

Combate duro

Ela avaliou que pedido de reconhecimento de calamidade “é necessário nesta hora”. “Tenho convicção de que a maioria é a favor do combate duro ao coronavírus. Congresso junto com os brasileiros”, afirmou Kátia.



COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também