CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Moro adia interrogatório de Lula para depois de outubro para evitar exploração eleitoral

0
Moro adia interrogatório de Lula para depois de outubro para evitar exploração eleitoral
5 (100%) 1 voto

O juiz federal Sérgio Moro adiou para novembro o interrogatório do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que deveria depor em setembro sobre o caso do sítio de Atibaia. Segundo o magistrado, o objetivo é evitar a “exploração eleitoral” dos interrogatórios.

Em nota, o advogado do petista reclamou que um processo criminal não poderia ter seus atos orientados pelo calendário eleitoral. “A mudança das datas dos depoimentos mostra que a questão eleitoral sempre esteve e está presente nas ações contra o ex-presidente Lula”, alegou a defesa de Lula, fazendo referência ao encarceramento.

Moro não citou o ex-presidente explicitamente, mas afirmou que “um dos acusados foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro” e que, “apesar disso, o acusado apresenta-se como candidato à Presidência da República”.

A acusação é de que Lula teria recebido propina – em contratos entre a Petrobras, a Odebrecht e o grupo OAS – e os valores teriam sido repassados através de reformas realizadas no sítio.

O imóvel está no nome de sócios de um dos filhos de Lula, e as melhorias nele totalizam R$ 1,02 milhão.

O interrogatório de Lula estava marcado para 11 de setembro e foi reagendado para 14 de novembro, às 14 horas. 


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também