CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Renato Assunção deixa secretaria; surpresa fica por conta do presidente da Ageto, que também pediu exoneração

Renato Assunção deixa secretaria; surpresa fica por conta do presidente da Ageto, que também pediu exoneração
5 (100%) 10 votos

O Diário Oficial do Estado dessa quarta-feira, 7, trouxe o que a Coluna do CThavia adiantado no final de semana: o engenheiro civil Renato Assunção foi exonerado do cargo de secretário estadual da Infraestrutura, Cidades e Habitação, com data retroativa de sexta-feira, 2, quando ele protocolou sua carta de demissão.

Virgílio também deixa a Ageto

A surpresa ficou por conta da exoneração, também a pedido, do presidente da da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), Virgílio da Silva Azevedo, que seria ligado a Claudinei Quaresmin, sobrinho do governador Mauro Carlesse (DEM). Nos bastidores, o que se diz é que Virgílio seria um dos pivôs da saída de Assunção da Seinf.

Sem traumas

O ex-presidente da Ageto disse à Coluna do CT que sua saída é resultado de “ajustes perfeitamente normais” e que está deixando a pasta “sem traumas”. “O governador está alterando algumas pastas como havia anunciado, por isso, coloquei meu cargo à disposição para tais alterações. Estamos aguardando a definição de um novo posicionamento”, afirmou Virgílio.

Dever cumprido

Ele disse que deixa a presidência “com sensação de dever cumprido e sempre disposto a contribuir com o nosso Estado”.

Na segunda-feira

Conforme fontes do Palácio Araguaia, Carlesse ligou nessa quarta para o ex-secretário de Infraestrutura, que está em Brasília, e ofereceu outros cargos no governo. No entanto, Assunção ficou de conversar com o governador na segunda-feira, 12, quando voltará a Palmas.

Operação Via Avaritia

A Seinf passou por um verdadeiro tufão com a Operação Via Avaritia, da Polícia Civil, que investiga fraudes em obras públicas no Estado. A operação, que contribuiu e muito para abalar as relações internas da pasta, já havia resultado na prisão e exoneração do superintendente de Operações e Conservação da Ageto, Geraldo Pereira da Silva Filho.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também