CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Após audiência no TRT, motoristas do transporte público suspendem greve e admitem trégua de 30 dias para voltar à mesa de negociação

Os motoristas do transporte público da Capital suspenderam a greve após um dia de paralisação. A decisão veio após audiência virtual realizada na segunda-feira, 27, pelo Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10). A preocupação com a segurança sanitária dos trabalhadores e usuários do serviço diante da pandemia da Covid-19 foi ponderada. Uma trégua de 30 dias foi acordada e as partes voltam à mesa de negociação para buscar o consenso.

Simtromet vai recorrer ao dissídio se não houver acordo

Conforme o Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário e Operadores de Máquinas (Simtromet), as empresas se comprometeram a não descontar o salário daqueles que aderiram ao movimento paredista. Além disto, a entidade informa que, se não houver acordo durante o período de trégua, uma ação de dissídio coletivo será apresentada. O instrumento busca solução de imbróglios trabalhista por meio do sistema judiciário. 

Pautas

Os trabalhadores tem duas reivindicações principais, sendo a primeira delas um reajuste salarial de 10,22%, visto que o último ocorreu há dois anos. Entretanto, a redução do tempo para o intervalo intrajornada é a principal controvérsia, conforme a própria Justiça do Trabalho. O Simtromet quer diminuir este prazo de  5 horas e 40 minutos para 2 horas, mas o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros (Seturb) entende que a redução do período inviabilizaria a organização das escalas.

Repasse do subsídio

Já a Prefeitura de Palmas se comprometeu a viabilizar em até 15 dias os repasses do subsídio da passagem para permitir a plena negociação entre Simtromet e Seturb, informa o TRT-10.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também