CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Estado passa a fazer exame de DNA com inauguração de Laboratório de Genética Forense; investimento foi de R$ 2 mi

Estado passa a fazer exame de DNA com inauguração de Laboratório de Genética Forense; investimento foi de R$ 2 mi
4.7 (93.33%) 12 votos

Numa parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), o governo do Tocantins investiu R$ 2 milhões no Laboratório de Genética Forense, órgão ligado ao Instituto de Criminalística, da Superintendência de Polícia Científica.

Sem dependência

Com a nova tecnologia à disposição, o Tocantins deixa de depender de outros estados para realização de exames genéticos nos materiais biológicos oriundos de locais de crime, tanto para a identificação de possíveis autores quanto para a identificação de vítimas não identificadas por outros meios da medicina legal.

Responsabilizar e inocentar

O secretário de Estado da Segurança Pública, Cristiano Sampaio, disse que o laboratório melhora não só a eficiência da investigação, mas serve para responsabilizar criminosos e também para inocentar suspeitos. “Esse é o papel da polícia, investigar e responsabilizar quem tem que ser responsabilizado”, ressaltou.

Uma nova era

A superintendente de Polícia Científica da Secretaria de Segurança Pública, Nelsiane Martins Parente, avaliou que uma nova era se inicia para o órgão com a inauguração do Laboratório de Genética.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também