CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Tribunal de Justiça cede prédio em que ficava instalada Comarca de Tocantínia para o Executivo municipal

O presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, e o prefeito de Tocantínia, Manoel Silvino (SD), assinaram nesta quinta-feira, 9, um termo de cessão de uso do antigo prédio do Fórum da Comarca do município para o Paço. A estrutura está desocupada desde o ano passado, após o Judiciário decidir remover os processos da localidade para Miracema do Tocantins.

Justiça permaneceu presente após desinstalação

Apesar da remoção dos processos e da cessão do prédio, Helvécio de Brito Maia Neto garante que a Comarca de Tocantínia não foi extinta, apenas desinstalada provisoriamente para readequação da força de trabalho. “Temos um carinho muito grande por Tocantínia e seus cidadãos e esperamos que esse prédio possa continuar servindo ao município, como foi durante anos enquanto sede do Fórum. Ficamos felizes também ao ver que após a desinstalação, ano passado, a Justiça permaneceu presente e cumprindo seu papel de servir a sociedade”, disse o magistrado, que também sustentou que a mudança proporciona um número maior de juízes para o município.

Prédio receberá gabinete e pastas da Educação e Administração

Ao receber as chaves, Manoel Silvino se disse agradecido com o gesto do Poder Judiciário e comentou sobre o uso que pretende dar ao novo equipamento público. “Trata-se de um prédio em excelentes condições de uso, reformado, vistoriado e que será muito bem utilizado pelo município. Pretendemos instalar nele as secretarias de educação, administração e gabinete. A população de Tocantínia está muito agradecida ao Tribunal de Justiça”, disse o prefeito. 

Histórico

O prédio que abrigou o Fórum da Comarca já pertenceu ao município no passado, quando à época foi doado ao Judiciário para a instalação da sede da Justiça. Agora a estrutura retorna à Tocantínia para compor sua estrutura administrativa. Antes da entrega, o prédio foi vistoriado e passou por alguns reparos. (Com informações da Ascom/TJTO)


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também