CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

LIVROS & CIA / Cultura do Tocantins na TV e a metalinguagem de Gilson Cavalcante

Capitaneado pela dupla de jornalistas Luiz Armando Costa e Mariah Soares, estreia neste sábado, 25,  às 10 horas, na TV Norte Tocantins /SBT, o programa Coisa Nossa, que levará aos telespectadores aspectos da política, cultura e regionalismos do Tocantins.

Na estreia

Membro da Academia Tocantinense de Letras (ATL), o advogado, professor, magistrado e primeiro vice-governador do Tocantins Darci Coelho e o músico Lucimar são os entrevistados do programa de estreia.

Onde andará?

No quadro Onde Andará?, entrevista com o produtor cultural H. Soares. Além disso, no quadro dedicado aos poetas do Tocantins, Poesia Hoje, o telespectador poderá conferir um poema de Gilson Cavalcante.



Livro de Paulo Albuquerque no vestibular da UnirG

O autor Paulo Albuquerque (Foto: Divulgação)

O livro Cantos em Si – identidade Tocantinense (Life Editora), do gaúcho/tocantinense Paulo Albuquerque, foi indicado para o exame do vestibular da Universidade de Gurupi – Unirg, que analisa 24 letras de músicas dos artistas regionais tocantinense Braguinha Barroso, Juraíldes da Cruz, Genésio Tocantins, Lucimar, Everton dos Andes e Dorivã.

Elementos identitários

Por ser novo e receber muitos migrantes, o Tocantins, Estado de muitas riquezas materiais e humanas, precisa mostrar suas referências culturais na expectativa de “negociar” melhor a hibridação do que é próprio de suas raízes com outras culturas. O livro tem esta preocupação: encontrar elementos identitários da região tocantina nas 24 obras analisadas à luz de teorias, tais como: identidade, cultura, mercado e comunicação.


Árvore do Conhecimento “brota” no Espaço Cultural José Gomes Sobrinho

A iniciativa foi da Fundação Cultural de Palmas (Foto: Júnior Suzuki)

Louvável a iniciativa da Fundação Cultural de Palmas (FCP), por meio da Biblioteca Jornalista Jaime Câmara, que  em homenagem ao Dia da Árvore,  celebrado em 21 de setembro, a criou a “Árvore do conhecimento”, que disponibilizou gratuitamente, no Espaço Cultural José Gomes Sobrinho, livros, DVD´s, revista em quadrinhos e mudas de árvores.

Frutos literários

Plantada em frente à Biblioteca Jornalista Jaime Câmara, a “Árvore do Conhecimento” teve como frutos simbólicos livros das mais variadas vertentes, que puderam  ser “colhidos” pelos usuários do Espaço Cultural. A ação também disponibilizou poemas e mudas de árvores nativas do cerrado, como cajueiros, goiabeiras, ingazeiros, faveiras de bolota, entre outras, todas doadas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, parceira do projeto. 


Professor de Gurupi publica sua 14ª obra

Paulo Henrique Mattos e sua mais recente obra (Foto: Divulgação)

Pela Editora Veloso, de Gurupi, o professor de Psicologia da Universidade de Gurupi – UnirG, Paulo Henrique Mattos está divulgando a sua 14ª obra: O Brasil da Barbárie: a era Bolsonaro e o trabalho escravo.

Sobre a obra

De acordo com o professor, as trilhas de acontecimentos levaram o Brasil para uma situação de barbárie social. “O estudo analisa também a questão do trabalho escravo contemporâneo nos últimos trinta anos no Brasil, demonstrando como o trabalho degradante tem uma longa permanência no país, mas com a chegada do Presidente Jair Bolsonaro, passou a sofrer graves consequências no seu combate, com alterações inclusive orçamentárias nessa política pública”, avaliou Mattos.

Metodologia

A metodologia inclui extensa pesquisa em artigos de jornais, revistas, livros, trabalhos acadêmicos, entrevistas e análises de fatos sociais ligados ao trabalho escravo contemporâneo, além de entrevistas com o Coordenador da Campanha Nacional Contra o Trabalho Escravo da Comissão Pastoral da Terra. 

Sobre o autor

Paulo Henrique Costa Mattos é professor,  historiador, sociólogo e mestre em História, especialista em Direitos humanos e com 14 obras publicadas sobre trabalho escravo contemporâneo. Integra os quadros de imortais da Academia Gurupiense de Letras (AGL).


A metalinguagem poética de Gilson Cavalcante

Gilson Cavalcante (Foto: Laura Pedrini)

Morador em Taquaruçu, o poeta Gilson Cavalcante está com novo livro na praça. Trata-se de A arte de desmantelar calendários, publicação  que vem à lume sob a égide da Cultivo Projetos e Soluções Criativas.

Metalinguagem

Com uso da metalinguagem, os poemas da obra discorrem sobre o tempo, acúmulos, humor, erotismo, excessos e a infinita busca para completar o vazio existencial. 

Reunião de poemas

Com prefácio de Gesimário de França Carvalho, o livro é uma reunião de poemas escritos tanto antes quanto durante a pandemia e chega para celebrar o momento do autor, que revela que se esforça para fazer uma poesia acessível.


Novo livro de Daniel Rocha Leite

Esparadrapo (Editora Folheando), o mais novo livro de Daniel da Rocha Leite, com ilustração de Maciste Costa, relata a “dor que se transmuta em força de esperança a tocar o amor que nos faz ser”.

Premiações

Daniel da Rocha Leite recebeu, em 2007 e 2018, o prêmio de Carlos Drummond de Andrade / SESC – DF. Entre poesia, romance, contos, crônicas e literatura infanto-juvenil, possui 16 livros publicados. Em 2019, com o livro Burburinho, recebeu o selo de Acervo Básico da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil – FNLIJ. O livro foi lançado sob os auspícios da Lei Aldir Blanc, através da Secretaria de Estado de Cultura do Pará.




ZACARIAS MARTINS

É autor de seis livros de poesias e um de crônicas. Tem participação em mais de 50 antologias literárias pelo País afora. É ainda membro-fundador da Academia Tocantinense de Letras e da Academia Gurupiense de Letras. Integrou o primeiro colegiado do Conselho Estadual de Cultura do Tocantins. Também representa o Tocantins na Academia Brasileira de Jornalismo (ABJ).

Informações sobre eventos literários e lançamentos de livros devem ser enviadas para Zacarias Martins pelo e-mail zacamartins@gmail.com.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também