CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

CRMV do TO pede serviços de medicina veterinária e zootecnia não sejam atingidas pelas restrições

CRMV do TO pede serviços de medicina veterinária e zootecnia não sejam atingidas pelas restrições
avaliar matéria

O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Tocantins (CRMV) enviou nesta segunda-feira, 23, ofícios ao governador Mauro Carlesse (DEM) e aos prefeitos tocantinenses para cobrar a inclusão da medicina veterinária e zootecnia nos serviços essenciais à população. A solicitação é feita para que as duas áreas são sejam afetadas pelas restrições determinadas pelo Poder Público aos comércios devido à pandemia de coronavírus, o Covid-19.

Abertos seguindo orientação da OMS

O CRMV ainda solicita que clínicas, consultórios e hospitais veterinários mantenham o funcionamento durante a vigência do decreto de calamidade pública do governo estadual e dos municípios em razão do Covid-19, mas obedecendo as recomendações adotadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), Ministério da Saúde e dos conselhos da profissão.

Não pode ser confundido com comércio

Os ofícios são assinados pela presidente do CRVM do Tocantins, Márcia Helena da Fonseca. “É importante ressaltarmos que as atividades de medicina veterinária e zootecnia não podem ser confundidas com comércio, mas sim uma atividade inerente ao bem-estar e saúde animal, e também da saúde humana. As atividades estão contempladas no Decreto Federal 10.282 de 2020, que regulamenta a Lei Federal 13.979, que definiu os serviços essenciais que não podem ser interrompidos”, reforça.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também