CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Presidente da Fieto diz que redução “é muito positiva”, mas lamenta dificuldade de acesso ao crédito

Presidente da Fieto diz que redução “é muito positiva”, mas lamenta dificuldade de acesso ao crédito
avaliar matéria

O Banco Central anunciou na quarta-feira, 31, a redução da taxa básica de juros (Selic) ao menor patamar em 33 anos: 6% ao ano. Esta notícia foi gera boa expectativa na indústria tocantinense, mas o acesso ao crédito continua sendo uma preocupação.

Juros dos maiores

O presidente da Federação das Indústrias do Tocantins (Fieto), Roberto Pires, considerou a redução da Selic uma “excecional notícia”. “Uma vez que os juros adotados no nosso País são um dos maiores. Somado a isto ainda temos difícil acesso ao crédito”, avaliou.

Muito positiva

Apesar das ponderações, Roberto Pires reforça a importância da decisão do Banco Central. “Qualquer coisa que venha a diminuir este custo é muito bacana para a indústria, embora a dificuldade de acesso ao crédito continua. Baixa e juros é muito, muito positiva mesmo”, encerra.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também