CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Saldo da Balança Comercial do Tocantins tem crescimento de 31,8% em 2018

China é o principal parceiro do Tocantins, comprando 66,98% do total de produtos exportados

Saldo da Balança Comercial do Tocantins tem crescimento de 31,8% em 2018
5 (100%) 2 votos

A Balança Comercial do Tocantins encerrou 2018 com um saldo positivo de US$ 970,39 milhões, um crescimento de 31,84% em relação ao saldo de 2017 que foi de US$ 736,05 milhões. O total de exportações também foi positivo, US$ 1.199,88 milhões, um crescimento de 26,14% comparado ao ano anterior. Seguindo a mesma linha, as importações aumentaram 6,64% totalizando US$ 229,49 milhões neste ano. O estudo completo da Balança Comercial realizado pela Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto) está disponível no Portal Fieto.

O Tocantins ocupa o 17º lugar no ranking nacional de exportações e o 21º nas importações. Em 2018, a Soja foi o produto mais exportado, responsável pela movimentação de US$ 994 milhões, o que corresponde a 83% do total de produtos exportados, seguida pela Carne Bovina que movimentou US$ 114 milhões e teve participação de 9% no total. Nas importações, outras naftas, exceto para petroquímica, se destaca como o produto mais importado representando 16% do total. O gasóleo (óleo diesel), que em 2017 era a principal mercadoria importada, em 2018 ocupou a 3ª posição, mas ainda corresponde 12% do total de produtos importados.

Dos 28 municípios que realizaram vendas externas, Pedro Afonso se destaca como o principal exportador, com participação de 16,70% no ranking de cidades exportadoras do Estado. Porto Nacional, que em 2017 era o principal município exportador, obteve em 2018 uma retração de -46,12% nas vendas externas ocasionada pela diminuição na exportação de soja. Destacam-se também as altas taxas de crescimento nas exportações de Paraíso do Tocantins (435,4%) e São Valério da Natividade (504,99%).

Os municípios que mais importaram foram Palmas, Porto Nacional e Xambioá, importando principalmente combustíveis e óleos minerais e produtos de sua destilação, matérias betuminosas e ceras minerais.

“A balança comercial tocantinense fechou com saldo positivo nesse ano de 2018 e cresceu 32% se comparado com o ano anterior. Esse aumento é explicado principalmente pela Soja, sendo o principal produto exportado, seguido da Carne bovina. Apesar do resultado positivo, 99% dos produtos exportados são básicos”, aponta Amanda Barbosa, gerente da Unidade de Desenvolvimento Industrial da Fieto.

Parceiros
Em 2018, o Tocantins exportou para 70 países. A China foi o principal parceiro com participação de 66,98% no total de produtos exportados. Hong Kong (5,55%), Espanha (5,34%), Tailândia (2,74%) e Arábia Saudita (2,62%) completam o ranking de parceiros de exportação.

Nas importações, a China também é o principal parceiro com 23, 86% dos produtos importados, seguida pelos Estados Unidos (22,28%), Rússia (12,59), Argentina (6,61%) e Argélia (5,11%). (Com informações da assessoria).


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também