CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Sistema elétrico do Tocantins ganha reforço com investimentos de R$ 139 milhões no primeiro semestre

A distribuição de energia nas regiões centro e sul do Tocantins ganhou reforço com as obras do novo ponto de conexão com a rede básica em Dianópolis. O empreendimento, que possibilita o escoamento da geração de energia, aumentará a flexibilidade do sistema elétrico tocantinense. Este é um dos investimentos realizados nos primeiros cinco meses do ano, que junto a outros soma R$ 139 milhões até o momento.  


Além das obras em Dianópolis, que têm como objetivo atender o aumento da demanda energética na região Sul do estado, a concessionária também está trabalhando no ponto de conexão com a rede básica que liga Santana do Araguaia (PA) à nova subestação de Caseara (TO), com 58 km de linha de distribuição de alta tensão de 138 kV, incluindo trecho de travessia no Rio Araguaia. 

“O montante aplicado no Tocantins entre janeiro e maio deste ano é 35% maior que o valor investido no mesmo período do ano passado aqui no Estado, abrangendo melhorias nas redes de distribuição, a substituição de componentes de rede, como medidores, transformadores e postes. Além das primeiras entregas do programa Mais Luz para Amazônia, que até o fim deste ano vai levar energia para a casa de 586 famílias que vivem em áreas isoladas”, explica a coordenadora de Planejamento e Orçamento da Energisa Tocantins, Graziela Matos. 

Com esses investimentos em execução, a empresa reforça seu empenho em promover mais desenvolvimento para o Tocantins. E, para continuar com esse trabalho, ainda no primeiro semestre deste ano, a Energisa e a Secretaria da Indústria, Comércio e Serviços (Sics) firmaram um termo de cooperação técnica para intercâmbio de informações.  


A assinatura do termo aconteceu durante uma reunião do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico do Tocantins (CDE-TO), após uma apresentação da Energisa sobre a capacidade energética por município. “Com essa parceria, a Secretaria nos informará a projeção de novos clientes que demandam energia elétrica. Assim, a gente consegue ser mais assertivo nos nossos planejamentos para que o fornecimento dessa energia seja um vetor de desenvolvimento para o Estado”, explica o diretor técnico e comercial da Energisa, Guilherme Damiance.  

Olhando para o futuro, a empresa planeja ampliar a capacidade instalada por regiões econômicas, como Portal do Jalapão, regiões Sudeste, Sul, Norte, Meio Norte, Metropolitana, Vale do Araguaia e Bico do Papagaio. “Na prática, essa troca de informações com a Sics vai proporcionar a implantação de ações de desenvolvimento sustentável que facilitarão investimentos, desenvolvimento empresarial e o fortalecimento da economia do Tocantins”, conclui Damiance. (Da assessoria de imprensa)


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também