CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Bolsonaristas rejeitam coordenação a Vicentinho Jr: “Por que não declarou apoio no 1° turno?”

0

Um grupo de bolsonaristas enviou nota ao CT no início da tarde desta quarta-feira, 10, em que questiona o apoio de políticos tradicionais do Estado a Jair Bolsonaro (PSL) a apenas 19 dias do segundo turno. Apesar de dizerem que todo apoio é bem-vindo, o grupo se coloca contra entregar a coordenação da campanha ao deputado federal reeleito pelo PR Vicentinho Júnior.

Eles então perguntam: “Por que o deputado Vicentinho Jr não declarou apoio no 1° turno, como fez o Senador do PR pelo Estado do Espírito Santo, Magno Malta? Qual o motivo que levou o deputado do PR, declarar o voto somente agora?”

Então, o grupo conclui: “Nossa avaliação é que esse apoio a 19 dias das eleições é somente oportunismo”. E ainda: “Não aceitamos pessoas que até ontem não agregavam em nada em nossa luta, sejam coordenadores de campanha, pois quem coordena a campanha de Jair Bolsonaro no Estado do Tocantins é o povo, é a militância”.

O grupo acusa o presidente do PSL-TO, Antônio Jorge, e pelo ex-candidato ao governo do TO, César Simoni, de fazerem uma “manobra” para o ingresso de Vicentinho Júnior na coordenação. “Um tapa na cara de todos que contribuíram para uma campanha limpa e de amplo apoio popular”, afirma a nota.

O senador Magno Malta estará na Câmara de Palmas, logo mais às 20 horas, para o lançar a campanha de segundo turno de Bolsonaro no Tocantins.

Confira a íntegra a seguir:

“Boa tarde! Nos bolsonaristas do Tocantins estamos desde 2016 na pré-campanha, levando o nome de Jair Bolsonaro nos rincões do Tocantins, fazendo outdoors, adesivaços, carreatas, manifestações e diversos eventos em apoio ao presidenciável. Esse apoio sempre foi espontâneo e gratuito, entretanto com a vinda de César Simoni, Antônio Jorge e outros ao partido, vemos uma desfiguração do projeto bonito que toda a militância tem desempenhado.

O mais curioso que no 1° turno ficamos sozinhos nessa campanha, pois nenhuma grande liderança política declarou apoio ao projeto Bolsonaro, mesmo alguns nos bastidores, declarando serem amigos do deputado Jair Bolsonaro.

Dessa forma, agora com o início do 2° turno e com uma vitória quase certa de Jair messias Bolsonaro, o deputado reeleito do PR, Vicentinho Júnior, e outros, declaram apoio e querem ser coordenador da campanha do Bolsonaro no Tocantins.

Nosso questionamento é:

1- Por que o deputado Vicentinho Jr não declarou apoio no 1° turno, como fez o Senador do PR pelo Estado do Espírito Santo, Magno Malta?

2- Qual o motivo que levou o deputado do PR, declarar o voto somente agora?

Nós Bolsonaristas deixamos claro que todo apoio é bem-vindo, quem quiser apoiar Bolsonaro, fique à vontade.

Entretanto nossa avaliação é que esse apoio a 19 dias das eleições é somente oportunismo. Não aceitamos pessoas que até ontem não agregavam em nada em nossa luta, sejam coordenadores de campanha, pois quem coordena a campanha de Jair Bolsonaro no Estado do Tocantins é o povo, é a militância.

E avaliamos que essa manobra feita pelo atual presidente do PSL-TO, Antônio Jorge, e pelo ex-candidato ao governo do TO, César Simoni, foi um tapa na cara de todos que contribuíram para uma campanha limpa e de amplo apoio popular, o que foi demonstrado pelas urnas.

Esclarecemos ainda que toda a militância bolsonarista tem um grande respeito pelo senador Magno Malta e sua luta ao lado do nosso futuro presidente Jair Messias Bolsonaro.

Palmas- TO, 10 de outubro de 2018.

Atenciosamente

Bolsonaristas do Tocantins”


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também