CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Câmara de Palmas repudia o “Dia de Quem Cuida de Mim” instituído por Seduc

Câmara de Palmas repudia o “Dia de Quem Cuida de Mim” instituído por Seduc
avaliar matéria

A Câmara de Palmas aprovou nesta quinta-feira, 9, uma moção de repúdio contra a titular da Secretaria de Educação do Tocantins (Seduc),  Adriana da Costa Pereira Aguiar, pela instituição via resolução do “Dia de Quem Cuida de Mim” na data em que se é comemorado o Dia das Mães. A proposta foi feita pelo líder da chamada “Bancada da Família”, vereador Filipe Martins (PSC).

Filipe Martins: “Há uma imposição de grupos que querem privilegiar uma camada da sociedade” (Foto: Divulgação/Câmara)

O parlamentar social cristão justificou o pedido de repúdio contra a secretária por entender que a comemoração do dia das mães já está inserida dentro de um contexto histórico e não se  deve diminuir o papel da genitora dentro da sociedade.

“Hoje, há uma imposição de grupos que querem privilegiar uma camada da sociedade, querendo que uma mãe seja um homem e um pai seja uma mulher. Como não podem quebrar a lei da natureza que só a fêmea (mãe) pode parir filhos, estão criando o “Dia de quem cuida de mim”, concluiu Martins.

Medida para inserir toda a família
Em nota, a Seduc esclareceu que o chamado “Dia de Quem Cuida de Mim” foi instituído com a intenção de “inserir toda a família dos alunos nas atividades desenvolvidas para o Dia das Mães”. “Desta forma, crianças cujas mães não estejam presentes, por qualquer motivo que seja, poderão inserir nas celebrações da data as pessoas que lhes dão carinho, proteção e cuidado todos os dias”, reforça.

“A Seduc reforça que a ação não foi imposta a nenhuma unidade de ensino e que cada escola possui autonomia para definir a melhor forma de celebrar/comemorar o Dia das Mães com as tradicionais homenagens”, deixa claro, ainda, a secretaria.

Leia a íntegra da nota do governo estadual:

“A Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) informa que instituiu no calendário escolar o Dia da Família na Escola, em três momentos específicos do ano letivo, visando oportunizar a integração escola-comunidade como estratégia de reforço à melhoria da aprendizagem.

Entre as ações sugeridas para o primeiro momento, em maio, estão:

  • A participação das famílias nas ações da unidade escolar, a interação entre famílias e escola no processo ensino-aprendizagem, trabalho integrado entre famílias e escola para o alcance de objetivos e metas de aprendizagem;
  • Estudo do Estatuto da Associação de Apoio à Escola, sobretudo quanto às atribuições dos membros que compõem a estrutura básica (Diretoria Executiva, Conselho Fiscal e Conselho Escolar e Comunitário);
  • Estudo da Lei n° 3.449, de 11 de abril de 2019, que visa promover a reflexão nas escolas e implementar medidas de segurança, de proteção e prevenção da violência e de atos de constrangimento a educadores;
  • Momento cultural (mostra de arte, mostra de cinema, teatro e outros);
  • Apresentação dos resultados bimestrais;
  • Integração de Projetos Educacionais em comemoração ao “Dia de quem cuida de mim”, alusivo ao 2° Domingo de Maio.

Dentro deste contexto, o ‘Dia de quem cuida de mim’, foi pensado como forma de inserir toda a família dos alunos nas atividades desenvolvidas para o Dia das Mães, celebrado no segundo domingo de maio a cada ano. Desta forma, crianças cujas mães não estejam presentes, por qualquer motivo que seja, poderão inserir nas celebrações da data as pessoas que lhes dão carinho, proteção e cuidado todos os dias (pai, avó, avô, tio, tia, etc.).

A Seduc reforça que a ação não foi imposta a nenhuma unidade de ensino e que cada escola possui autonomia para definir a melhor forma de celebrar/comemorar o Dia das Mães com as tradicionais homenagens”


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também