CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Carlesse e Gaguim querem mudar objeto de licitação de R$ 68,6 mi para municípios e bancada federal resiste

Carlesse e Gaguim querem mudar objeto de licitação de R$ 68,6 mi para municípios e bancada federal resiste
5 (100%) 10 votos

O governador Mauro Carlesse (DEM) propôs no dia 5 ao coordenador da bancada federal do Tocantins, deputado Carlos Gaguim (DEM), que pedisse à Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) a mudança do plano de trabalho de convênio para aquisição de 10 escavadeiras hidráulicas sobre esteiras, 40 caminhões-toco com carrocerias e 105 kits de retroescavedeiras e pás-carregadeiras. Os recursos — R$ 68.635.706,51 — são frutos de emenda coletiva de bancada. Pelo menos 6 dos 11 congressistas tocantinenses se colocaram contra a mudança. A mais contrariada é a senadora Kátia Abreu (PDT), que dia desses travou uma pesada discussão com Gaguim no grupo de WhatsApp da bancada do Estado.

Dificuldade de licitar

Um dia depois de receber pedido de Carlesse, em 6 de agosto Gaguim já enviou ofício ao superintendente da Sudam, Paulo Roberto Correia da Silva. Nele, o coordenador da bancada do Tocantins alega que a Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto) encontra dificuldade para fazer a licitação na forma original do convênio.

Mudança de equipamentos

Na prática, governador e Gaguim estão pedindo a mudança do tipo de equipamento, sob a alegação de que ficará mais fácil fazer a licitação, mantendo a quantidade e valores previstos.

Sem o consentimento

Kátia enviou mensagem de WhatsApp aos colegas de bancada dizendo que Gaguim pediu a mudança do plano de trabalho do convênio sem o consentimento dos demais colegas. Segundo ela, também ficaram contra a mudança o senador Irajá Abreu (PSD) e os deputados federais Tiago Dimas (SD), Dulce Miranda (MDB) e Vicentinho Júnior (PL). Além deles, Dorinha Seabra Rezende (DEM) também não teria concordado.

Ou ofício, ou denuncia sozinha

A senadora Kátia Abreu sugeriu aos demais colegas fazer um ofício da bancada para Sudan. “Agora, se maioria concordou, eu me calo e farei minha denúncia sozinha”, avisou Kátia.

Concordam ou discordam?

Enquanto a senadora afirma que os prefeitos não concordam com a mudança do objeto da licitação, porque municípios podem ser prejudicados, Gaguim disse o contrário. Ele participou do evento dessa segunda-feira, 26, do Palácio Araguaia com os prefeitos, e afirmou aos colegas congressistas que os gestores querem a mudança.

Clima tenso

De toda forma, esse debate ajudou o clima a ficar muito mais tenso na bancada federal, e dividir coordenador e governo de um lado e os demais do outro.

Confira abaixo os ofícios de Carlesse e Gaguim:


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também