CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Justiça determina que Porto Nacional exonere servidores em situação de nepotismo; prefeitura nega casos

Justiça determina que Porto Nacional exonere servidores em situação de nepotismo; prefeitura nega casos
4.8 (96.36%) 11 votos

A 2ª Vara Cível de Porto Nacional concedeu liminar ao Ministério Público do Tocantins (MPE) nesta terça-feira, 9, e determinou que o prefeito de Porto Nacional, Joaquim Maia (PV), promova a imediata exoneração de todos os servidores em situação de nepotismo. Por meio de nota, o município avisou que vai recorrer da decisão.

Relação

A liminar relaciona os nomes dos servidores comissionados Jairo Alves Evangelista e Valeston Tavares Fontoura, esposo e irmão da Secretária de Assistência Social, Verônica Fontoura; de Kellen Rhaynara Mota Carmo, que é sobrinha da titular da pasta de Saúde, Anna Crystina Brito; e Nara Rúbia Magalhães e Silva, esposa do secretário de Governo, Geylson Neres.

Não se enquadram

Em breve nota, o município afirma que recorrerá da decisão por entender que os casos elencados não se enquadram em caso de nepotismo.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também