CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Na eleição direta do PT, grupo de Zé Roberto tenta manter comando contra chapa de Milne Freitas

Na eleição direta do PT, grupo de Zé Roberto tenta manter comando contra chapa de Milne Freitas
5 (100%) 10 votos

O Partido dos Trabalhadores (PT) está em processo de eleição direta (PED), que terá três fases: a municipal, em 8 de setembro; a estadual, dias 21 e 22 de setembro; e nacional, entre 19 e 21 de novembro. Para o diretório regional do Tocantins, duas chapas estão confirmadas, como a Coluna do CT havia antecipado no dia 9 de julho. Uma encabeçada pelo atual presidente, deputado estadual Zé Roberto; e outra por Milne Freitas.

Chapa de Zé Roberto

A chapa de Zé Roberto, pela tendência Movimento PT, conta com a aliança da Democracia Socialista, Articulação de Esquerda e outros grupos internos do petismo.

Moderados x esquerda petista

Milne Freitas, da tendência Partido de Base e de Lutas (PBLU), tem o apoio do suplente de senador Donizeti Nogueira, da deputada estadual Amália Santana e do ex-prefeito de Colinas José Santana, da tendência Construindo um Novo Brasil (CNB). Esse grupo, mais moderado, comandou o PT por cerca de 20 anos, até que perdeu a direção para Zé Roberto e seus aliados em 2015. Esses últimos representam o segmento mais à esquerda do partido.

Três chapas em Palmas

O deputado federal Célio Moura, aliado de Zé Roberto, contou que em 15 municípios do Tocantins haverá mais de uma chapa disputando o PED. Em Palmas três: Vilela, da Democracia Socialista; Laudiceia, do Movimento PT; e professora Rosimar Mendes, da CNB.

Três chapas em Araguaína

Em Araguaína também são três: Edmundo, da Articulação de Esquerda; Tomaz Café, da Movimento PT; e vereadora Verônica Cardoso Dias, da CNB.

Ganhou robustez

Moura avaliou que, sob o comando de Zé Roberto, o PT do Tocantins se fortaleceu e “ganhou robustez”. “O PT é hoje o partido mais organizado do Tocantins, com 105 diretórios, com o MDB em segundo lugar, com 92”, comparou o deputado.

45 pré-candidatos a prefeito

Ele disse que, para as eleições municipais de 2020, o PT já tem 45 pré-candidatos a prefeito, e garantiu que o partido vai disputar com cabeça-de-chapa em todas as cidades onde está organizado.

Mais fortalecido em 2022

Moura avisou que os petistas querem fazer o maior número possível de prefeitos e vereadores, e chegarem ainda mais fortalecidos em 2022, quando pretendem aumentar sua bancada de deputados estaduais — hoje são dois — e de federais — tem um. Além disso, o PT buscará lançar candidato a governador e a senador.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também