CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Nas redes sociais, Andrino admite busca de Amastha por alianças, mas “sem perder essência”

Vereador diz que notícias sobre aproximação do ex-prefeito com Vicentinho Alves e Marcelo Miranda buscam “desconstruí-lo”

5
Nas redes sociais, Andrino admite busca de Amastha por alianças, mas “sem perder essência”
3.7 (73.33%) 3 votos

Em meio as notícias de possível aliança de Carlos Amastha (PSB) com o senador Vicentinho Alves (PR) e com o ex-governador Marcelo Miranda (MDB), o vereador palmense Tiago Andrino (PSB) recorreu às redes sociais para tentar minimizar a repercussão negativa em relação às articulações do ex-prefeito e pré-candidato a governador. Entretanto, o parlamentar admitiu que está dialogando “com todo mundo” e que há busca por uma aliança, mas sem “perder a essência”.

Em um primeiro momento, Tiago Andrino diz em vídeo que a repercussão na imprensa das articulações do ex-prefeito buscam prejudicá-lo. “A cada momento sai uma notícia dizendo que Amastha fechou com A, com B, com C, tentando desconstruir o personagem que inaugurou um novo tempo na política do Tocantins. O nosso grupo foi o primeiro a buscar um caminho alternativo, sem os grupos tradicionais, e vencer o processo eleitoral”, destacou.

LEIA MAIS

BOM DIA – Amastha adaptou o adágio: se não pode sem os inimigos, junte-se a eles

Com a derrota de Carlos Amastha no pleito suplementar de junho, o vereador conta que o Partido Socialista Brasileiro (PSB) e aliados estão “tentando entender o tamanho do desafio de vencer as eleições”. Neste sentido, Tiago Andrino fala existir dois tipos de eleitores no Tocantins: os das grandes e os das pequenas cidades. O comentário surge devido ao baixo desempenho do correligionário no interior do Estado.

“Existem dois tipos de eleição no Tocantins. Uma que ocorre nas grandes cidades, onde estamos habituados, que é um debate de opinião que dá para conquistar a maioria, como foi em Araguaína. E uma eleição que é feita nas pequenas cidades, onde o papel da liderança é mais forte, não tem tanta influência da televisão, de universidades e de outros movimentos sociais”, avaliou.

Após dar este panorama que Andrino admite que o grupo está atrás de mais aliados. “Nós estamos sim buscando compor uma aliança com o tamanho, com a cara do Tocantins, mas que não perca a essência: a vontade de transformar o Estado”, ponderou. “Não acredite em fofocas. Ao Amastha não falta franqueza. Nenhuma vez ele afirmou uma posição de aliança”, encerrou.

“Precisamos de mais força”
Andrino chegou a responder comentários de alguns eleitores insatisfeitos com a especulação. Em um deles, o vereador até fala que o grupo não “não tem compromisso com o erro e com governos passados”, mas reconhece que para levar Carlos Amastha ao Palácio Araguaia precisará de “mais força”.

“Não temos compromisso com o erro, muito menos com governos passados, estamos apresentando nosso projeto a vários líderes, não vamos mudar nosso projeto. Mas já percebemos que precisamos de mais força para enfrentar este governo, vamos buscar apoio”, disse Andrino.

A outro internauta insatisfeito, o vereador diz que o grupo está conversando “com todo mundo”. “Avaliando os cenários, vendo o resultado das eleições suplementares em cada cidade, mas não vamos mudar o nosso projeto. Não fechamos alianças ainda, apenas especulações”, afirma.

Veja abaixo a publicação do vereador Tiago Andrino no Facebook:

Amigos espero esclarecer neste vídeo as dúvidas sobre possíveis alianças que estaríamos fazendo para eleições de outubro. Não vamos desistir do Tocantins!! #euacrediTO

Posted by Tiago Andrino on Wednesday, July 11, 2018

Leia também
Receba notícias do CT em seu e-mail
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...