CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Pela oposição, vereador Pedro Belarmino quer consolidar pré-candidatura a prefeito de Pedro Afonso e busca apoio de partidos

Em Pedro Afonso, Joaquim Pinheiro, o Joaquinzinho (PDT), é o nome do atual prefeito e presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM), Jairo Mariano (PDT), para sucedê-lo. Enquanto isto, a oposição tem dois nomes na Câmara que buscam viabilizar uma candidatura ao Paço, os vereadores Pedro Belarmino (PTB) e Agnaldo Lima, o Gordo do Lava-Jato (DEM). Uma composição parece não estar descartada.

Oposições iniciam diálogo

A Coluna do CT conversou com Pedro Belarmino, que admite trabalhar pela indicação petebista ao Paço com o apoio de todos as siglas oposicionistas. “A gente vem buscando consolidar o nosso nome e apoio de outros partidos. Estamos tentando unir as oposições”, disse. O vereador, que é irmão do ex-prefeito Tom Belarmino, admite haver “pré-conversas” sobre composição com Agnaldo Lima e também com o petista  Benedito Moura, o Bené, que corre por fora.

Não subestima ninguém

Apesar da disposição pela união, Belarmino sustenta a intenção de disputar a Prefeitura de Pedro Afonso, mas pondera que respeitará a indicação dos correligionários. “Desistir ou abrir mão da candidatura a prefeito não é o nosso caminho. Unir e agregar com outro grupo pode ocorrer, dependendo da decisão de nossa base. As convenções estão chegando, momento para essas definições. Enfim, respeito todos os outros pré-candidatos, todos tem capacidade e não subestimo ninguém”, emendou.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também