CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Sindicatos já lotam ALTO para pressionar por data-base; votação em plenário nesta 4ª ainda depende de acordo em comissão

Sindicatos já lotam ALTO para pressionar por data-base; votação em plenário nesta 4ª ainda depende de acordo em comissão
5 (100%) 10 votos

Os sindicatos dos servidores do Estado já lotam a Assembleia para pressionar os parlamentares a aprovar o relatório do deputado Nilton Franco (MDB), na Comissão de Finanças, que atendeu as categorias de todos os Poderes concedendo data-base de 3,43% para Judiciário, MPE e Assembleia; e 5,047% para Executivo, Assembleia e Defensoria Pública. O Palácio Araguaia, contudo, alega a necessidade de ajuste fiscal e quer que o Legislativo aprove uma emenda concedendo 1% de forma unificada para toda as categorias.

Definição suspensa por pedido de vista

A expectativa é de que a Comissão de Finanças defina a questão ainda na manhã desta quarta-feira, 9. A sessão extraordinária da comissão no dia 2, foi suspensa por pedidos de vista. Ivan Vaqueiro (PPS) ficou com a proposta do MPE e Judiciário; Amélio Cayres (SD) com a da Assembleia, Issan Saado (PV) com a Defensoria e Olyntho Neto (PSDB) com a do Executivo.

Depende de acordo

Depois da Finanças, a matéria vai para a Comissão de Defesa do Consumidor, na parte da tarde, sob a presidência do deputado Elenil da Penha (MDB). Se houver um acordo entre os parlamentares, a comissão poderá fazer o relatório e votá-lo ainda nesta quarta, liberando a matéria para decisão em plenário. Se o entendimento não for possível, outro pedido de vistas pode segurar a definição por mais pelo menos 36 horas, o que jogaria a votação em plenário para semana que vem.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também