CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.
governo-mobile-2

Decreto de Dimas autoriza compra da vacina da Pfizer que exige armazenamento abaixo dos 70º Celsius; prefeito quer gastar até R$ 10 milhões

O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas (Podemos), editou Decreto para autorizar a compra das doses da vacina contra a Covid-19. O gestor já indica qual imunizante pretende para a população: a Pfizer/BioNTech.. “Se São Paulo está comprando uma vacina, a gente também pode comprar. Isso vai garantir o funcionamento do comercial e industrial, e dar tranquilidade para todo mundo. A prioridade do uso dela deve ser decidida pelos nossos técnicos da saúde e divulgado posteriormente. A estimativa é que o custo seja de, no máximo, R$ 10 milhões”, afirmou.

Vacina mais eficaz, mas de armazenamento complicado

A escolha pela Pfizer/BioNTech, conforme o próprio Decreto, deve-se pelo fato de ter eficácia de 95%, diferentemente dos 60% da Astrazeneca, que é a principal opção do governo federal. Entretanto, o imunizante escolhido pelo prefeito requer temperaturas de menos 70 graus Celsius para se manter estável.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também