CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

LIVROS & CIA – “As Tocantinas”, de Célio Pedreira, no vestibular 2019 da UFT

LIVROS & CIA – “As Tocantinas”, de Célio Pedreira, no vestibular 2019 da UFT
5 (100%) 2 votos

Chimamanda Ngozi Adichie

Uma das principais vozes do feminismo mundial, a escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie é também romancista premiada. Estreou em 2003 com o livro Hibisco roxo, no qual a adolescente Kambili mostra como a religiosidade extremamente “branca” e católica de seu pai, Eugene, famoso industrial nigeriano, destrói lentamente a vida de toda a família. O romance é considerado um retrato contundente da Nigéria atual, mostrando os remanescentes invasivos da colonização tanto no próprio país, como no resto do continente.

Cinema

Em 2013 o segundo romance de Ngozi, Meio sol amarelo, publicado em 2006, foi adaptado para o cinema. Com direção de Biyi Bandele, o longa conta a história das gêmeas Olanna (Thandie Newton) e Kainene (Anika Noni Rose). Filhas de família queniana rica, elas estudaram na Inglaterra. Quando retornam, escolhem caminhos muito diferentes. Olanna decide ir morar com o amante, Odenigbo (Chiwetel Ejiofor), e acaba tendo problemas com a família, enquanto Kainene conquista o sucesso profissional como empresária e se apaixona pelo escritor inglês Richard (Joseph Mawle). O pano de fundo é a Guerra do Biafra (1967-1970), conflito político causado pela tentativa de separação da província nigeriana autoproclamada República do Biafra. 

Escritoras do Brasil

A Editora Senado começou a lançar este mês uma série de obras literárias de autoras brasileiras do século XIX. De acordo com reportagem da TV Senado, o objetivo é lançar quatro livros por ano que vão compor a Coleção Escritoras do Brasil. O primeiro volume é o livro Mulher Moderna, de Josefina Álvares de Azevedo. A autora já defendia, em 1891, o voto feminino e a emancipação da mulher. Mulher Moderna pode ser adquirido no site do Senado,  a R$ 15 – com frete grátis – ou ser baixado gratuitamente, no mesmo link.

 

Game of thrones

Fãs de todo o mundo da série de livros de fantasia épica As Crônicas de Gelo e Fogo (Game of thrones, na TV) esperam com ansiedade pela oitava e última temporada do seriado. Segundo a HBO, Game of thrones retorna às telas com novos episódios no próximo dia 14, depois de um ano e meio de suspense. 

Esperado

E por falar em Crônicas de Gelo e Fogo, depois de a primeira parte de Sangue e Fogo (primeira parte) ter se tornado um dos mais vendidos no ano passado, os fãs da saga aguardam com ansiedade a chegada da segunda parte às livrarias.

 

Blog

Vale a pena conhecer o Blog da Estante Virtual, um portal informativo de conteúdo literário da Estante Virtual. Nele é possível ler entrevistas com autores, resenhas de livros e listas com as melhores dicas do mundo literário. A Estante Virtual é um site que funciona desde 2005, conectando leitores e livreiros de todo país. Atualmente, reúne mais de 16 milhões de livros disponíveis no site, 4 milhões de leitores cadastrados e cerca de 2.600 sebos e pequenos livreiros. 

 

Literatura/UFT

O livro de poesia As Tocantinas, do escritor tocantinense Célio Pedreira, é uma das obras literárias exigidas no vestibular 2019 da Universidade Federal do Tocantins (UFT). O livro pode ser adquirido no campus da UFT em Palmas, ou via WhatsApp – (63) 98404 1491, com Diogo Goltara. Em vídeo, o escritor portuense fala à coluna sobre As Tocantinas:

 

 

 

Pesar

Morreu no final da tarde de quinta-feira, 28, aos 68 anos, o escritor, jornalista e membro fundador da Academia de Letras de Paraíso, Ademir Barbosa Rêgo. Ele estava internado no Hospital de Amor (Hospital de Câncer de Barretos – SP) para tratamento de uma leucemia mielóide aguda. 

 

 

O que você está lendo?

 

Lailton Costa – Jornalista – “Embora Antônio Carlos Almeida não tivesse o objetivo de prever o resultado das eleições de 2018 com o livro O voto do Brasileiro (1ª edição, Record, 2018), os padrões de votação nas eleições de 2006, 2010 e 2014 analisados com gráficos e dados das carências e desigualdades da sociedade brasileira na obra, indicavam um padrão nas escolhas dos eleitores que não sugeria a vitória de Jair Bolsonaro, mas alguém do PT ou do PSDB. Inclusive o prefaciador caiu nessa esparrela. E essa é a razão pela qual deixei o livro em repouso para ser lido somente esse ano, bem depois das eleições de 2018. Afinal, o comportamento eleitoral que saiu das urnas subverteu os padrões descritos no livro, que vale a pena ser lido, sim, pela quantidade de indicadores eleitorais e sociais que o embasam e que retratam no resultado eleitoral o reflexo de um país tão desigual”.


 

RUBENS GONÇALVES
É jornalista no Tocantins
rubensgoncalvessilva@gmail.com


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também