CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

LIVROS & CIA / Filosofia através do cinema por professores da Unirg e as religiosidades no Tocantins

Memória do Curso de Extensão Filosofia, Literatura e Cinema da Unirg registrada em livro

Uma boa dica de leitura para esta semana é o livro A filosofia através do cinema – Uma década de ensino (Editora Veloso), uma interessante coletânea de textos com essa temática e que tem como organizadores os professores da Universidade de Gurupi – UnirG, Edna Maria Cruz Pinho, Joel Moisés Silva Pinho e José Carlos Freitas.

Livro comemorativo

O livro surge a partir da ideia de celebrar os dez anos de existência de um projeto de extensão universitária. Trata-se do curso de extensão Filosofia e Cinema, atualmente ampliado para Filosofia, Literatura e Cinema. De acordo com os organizadores, o projeto foi se consolidando através de temas mais variados.

Produção coletiva

Ao todo, são 16 textos especialmente produzidos para essa obra, como é o caso do escrito pela professora Laslei Petrilli, que discute o suicídio a partir da biografia cinematográfica da poeta Sylvia Plath, ou do acadêmico Lucas dos Santos Costa, que aborda o processo de criação poética através do filme coreano Poesia, enquanto a professora Luiz Helena de Oliveira faz uma leitura semiótica de canções de Noel Rosa, só para citar algumas das abordagens apresentadas.

Sonho Realizado

O professor José Carlos de Freitas, idealizador do projeto e coordenador geral, falou da importância do curso e do registro impresso das importantes colaborações dos autores e da Universidade de Gurupi, que encampou e institucionalizou o curso de extensão via os cursos de Direito, Psicologia, Letras, Pedagogia, Educação Física e Jornalismo. “É um sonho realizado, acalentado, gestado há muitos anos. Agradeço a todos os que se envolveram no processo desde o início e os que foram agregando ao longo do tempo. Tomara possamos continuar e ter novas publicações no futuro”, reforçou.



Registro das religiosidades no Tocantins

Organizado pelos professores César Evangelista Fernandes Bressanin e Valdir Aquino Zitzke, a Editora CRV traz à lume o segundo volume da coletânea Religiosidades no Tocantins. A obra volta-se para diversas expressões da religiosidade católica. Está organizado em três seções, que compilam textos que abordam a Igreja, a Cultura e as Festas. Os fundamentos da História do Tocantins, assim como do Brasil, enraízam-se na fé católica propagada desde os primórdios da colonização. Jesuítas, capuchinhos, dominicanos, padres seculares, religiosas e leigos e leigas devotos hastearam a bandeira da cruz e fizeram destas paragens, ao longo dos séculos XVIII, XIX e XX, uma terra de missão que ecoa no século XXI, práticas e vivências desta fé e religiosidade.


Cápsula Literária disfarçada de geladeira

(Fotos: Júnior Suzuki/Secom Palmas)

Quem se encontra em Palmas e está em busca de uma literatura mais refrescante para aplacar a sede de quem aprecia uma boa leitura, uma excelente opção, sem dúvida, é uma tal de geladeira sem utilidade e que foi transformada em uma biblioteca gratuita ao ar livre.

Transformação

Na verdade, estamos diante de um Cápsula Literária, trata-se de um projeto de incentivo à leitura promovido pela Fundação Cultural de Palmas (FCP), por meio do Núcleo Integrado de Leitura e Artes (Nila). Localizada na Grande Praça do Espaço Cultural José Gomes Sobrinho, a geladeira foi transformada pelas mãos do artista visual Rogo, recebendo um colorido especial.

Abastecimento literário

O projeto é abastecido por meio de doações, sejam de livros, gibis, revistas ou qualquer outra obra literária. Quem tiver interesse em doar pode deixar as obras diretamente na cápsula ou no NILA. As primeiras doações vieram da Editora Vecchio, que doou 20 livros de diversos gêneros; da bibliotecária Paixão Souza e da escritora Gislene Camargos.

Acesso

Para ter acesso aos livros basta ir ao Espaço Cultural José Gomes Sobrinho, abrir a Cápsula Literária, escolher a obra que deseja e viajar pelo fantástico mundo da literatura. O usuário também pode deixar livros e promover assim a circulação das obras.              


AGL elege nova diretoria

Novo presidente da AGL, Paulo Albuquerque (Foto: Divulgação)

A Academia Gurupiense de Letras (AGL) elegeu no dia 8 sua nova diretoria executiva, tendo sido eleito para presidente o escritor, professor e músico Paulo Albuquerque. A posse dos eleitos será em 27 de novembro, no Centro de Convenções Mauro Cunha, com a celebração da passagem dos 22 anos da Academia.

Diretoria eleita

Além de Paulo Albuquerque na presidência, foram eleitos Jenilson Cerqueira (vice-presidente); José Maciel de Brito (secretário); Floriano Chaves (tesoureiro); Marilde Gomes e Deusderes Acácio (suplentes de diretoria); orador (Eldinei Carneiro); Plínio Sabino, Ednéia Rezende e José Pereira (conselho fiscal); e Roberto Ribeiro, Jussara Barreira e Ubiratã Silvestre (suplentes do Conselho Fiscal).

Sobre a AGL

A Academia Gurupiense de Letras foi fundada em 30 de novembro de 1999, sob a coordenação dos poetas e jornalistas Zacarias Martins e Gil Correia. Trata-se de uma entidade cultural, sem fins lucrativos, de caráter predominantemente literário, criada com o objetivo de congregar pessoas amantes das letras e intelectuais de todas as vertentes, bem como, propugnar por todos os meios ao seu alcance pela difusão, promoção e conservação evolutiva da cultura, incentivando sempre a criação literária.


                          



ZACARIAS MARTINS

É autor de seis livros de poesias e um de crônicas. Tem participação em mais de 50 antologias literárias pelo País afora. É ainda membro-fundador da Academia Tocantinense de Letras e da Academia Gurupiense de Letras. Integrou o primeiro colegiado do Conselho Estadual de Cultura do Tocantins. Também representa o Tocantins na Academia Brasileira de Jornalismo (ABJ).

Informações sobre eventos literários e lançamentos de livros devem ser enviadas para Zacarias Martins pelo e-mail zacamartins@gmail.com.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também