CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Cirurgia refrativa: saiba quando ela é indicada

0
Cirurgia refrativa: saiba quando ela é indicada
avaliar matéria
Dr Tiago Bessa – Oftalmologista na VisionLaser Palmas
Cirurgia Refrativa, Catarata e Transplante de córnea.

Você tem miopia, hipermetropia ou astigmatismo? Usa óculos para corrigir um desses vícios de refração? Se sente incomodado(a) por usar os óculos? Se você respondeu sim para essas perguntas é bom procurar um oftalmologista e saber mais sobre cirurgia refrativa.

Nosso corpo é uma máquina perfeita, a começar pelos olhos. Enxergamos por meio da luz que entra em nossos olhos, percorrendo o seguinte caminho: a luz reflete no objeto e vem em nossa direção e, logo que atinge nossos olhos, precisa atravessar uma série de estruturas até chegar à parte especializada deste, capaz de entender do que se trata, a retina. Todas as estruturas do meio do caminho, até chegar à retina, precisam ser transparentes.

Todo esse esclarecimento de como funciona o processo da visão serve para tornar mais simples a explicação sobre a cirurgia refrativa. Mas, antes, vamos falar sobre refração, que é o estudo da passagem da luz de um meio para outro, sendo que meios diferentes determinam comportamentos diferentes da luz. Para verificar se o olho está com a focalização adequada e, consequentemente, está enxergando as imagens nítidas, é realizado o estudo da refração do olho. Quando o olho não consegue focar direito, deixando as imagens sem nitidez, são consequências dos chamados vícios de refração. São os famosos casos de miopia, hipermetropia e astigmatismo.

A cirurgia refrativa consiste nos procedimentos de correção desses vícios de refração. É uma cirurgia indicada para pessoas com mais de 20 anos que querem “se livrar” dos óculos e que não tenham nenhuma doença ocular, além de não apresentarem contraindicações nos exames pré-operatórios. A técnica a ser utilizada depende da indicação cirúrgica. O excimer laser, mais usado nesses casos, pode ser utilizado em suas três modalidades: PRK (quando o laser é aplicado direto na superfície córnea), o Lasik (consiste na delaminação da córnea e aplicação do laser no seu interior) e o Femtolasik, que é a evolução do Lasik, onde se  aplica um tipo adicional de laser, o Femtolaser, que torna o procedimento mais rápido em sua recuperação,  mais previsivel e mais seguro.

Durante o procedimento cirúrgico o paciente não sente dor devido a anestesia. No período pós-cirúrgico, dependendo da técnica envolvida, poderá haver desconforto por alguns dias. Além disso, como nossa medicina está em constante processo de mudanças que visam melhores resultados, um avanço na área da cirurgia refrativa é a personalização, pois, embora a pessoa tenha dois olhos e ambos apresentem miopia, os “graus” são diferentes, o que leva a um procedimento individual para cada olho. Lembra da informação anterior sobre o fato de meios diferentes determinarem comportamentos diferentes da luz? É aqui que essas informações se complementam.

Para aqueles que têm um desejo de se verem livres dos óculos é necessária à avaliação com um oftalmologista experiente na área de cirurgia refrativa a fim de indicar a melhor correção para o seu caso.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]