CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

A drenagem linfática manual funciona?

0
A drenagem linfática manual funciona?
5 (100%) 1 voto

A Drenagem Linfática Manual é uma terapia que estimula o sistema linfático a retirar a linfa que fica acumulada entre as células e que causam a retenção de líquidos.

Essa técnica é aplicada com manobras lentas, suaves e rítmicas. Ao contrário do que algumas pessoas pensam, não é necessária força ou pressão para realizá-la, isso porque os vasos linfáticos que movem os fluidos pelo nosso corpo são muito superficiais.

Quando o corpo recebe esse estímulo aumenta o volume e a velocidade da retirada da linfa melhorando a circulação sanguínea. Em consequência disso recebemos uma excelente resposta no tratamento e prevenção de celulite, redução de inchaços e perda de medidas.

É um tratamento recomendado especialmente para quem sofre com retenção hídrica constante, como no caso das gestantes, que podem se beneficiar da técnica após o terceiro mês de gestação.

Por ser uma técnica de massagem específica a Drenagem Linfática Manual deve ser realizada por profissionais habilitados e que conheçam bem a anatomia e fisiologia do sistema linfático. Se associada a outros protocolos e acompanhamento com Nutricionista os resultados são potencializados e ainda mais evidentes!


BÁRBARA PAIXÃO DE GOIS FAYAD
Graduada em Nutrição pela Universidade Federal do Tocantins
Pós Graduata em Fitoterápicos Aplicados a Estética e Prática Esportiva pela Faculdade Unyleya

MIGUEL AVILA
É dermatologista, graduado na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com residência em dermatologia na Santa Casa de Porto Alegre. É pós-graduado em Dermatocosmiatria na Faculdade de Medicina do ABC e membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia
[email protected]

 


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também