CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

BB anuncia R$ 500 milhões em crédito para micro e pequenos empreendedores do TO

BB anuncia R$ 500 milhões em crédito para micro e pequenos empreendedores do TO
avaliar matéria

O vice-presidente de gestão de pessoas, suprimentos e operações do Banco do Brasil, Antônio Gustavo do Vale, esteve em audiência com o governador Mauro Carlesse (DEM) na sexta-feira, 7, e anunciou a liberação de R$ 500 milhões em linha de crédito aos empresários tocantinenses, em especial aos micro e pequenos empreendedores.

A linha de crédito específica para os empreendedores tocantinenses foi uma solicitação do governador Mauro Carlesse ao Banco do Brasil, que foi levada à discussão e agora atendida, informa o Palácio Araguaia. O capital visa ofertar aos empresários a aquisição de máquinas, equipamentos e veículos, o que ajudará na estruturação dos negócios instalados no Estado, afirma a instituição.

“Os recursos serão liberados imediatamente. O Banco do Brasil já vai fazer uma comunicação aos empresários e tenho certeza que esses recursos vão alavancar a economia do Estado”, comentou Antônio Gustavo do Vale.

Mauro Carlesse agradeceu aos executivos do Banco do Brasil pela resposta positiva à sua solicitação e projetou que os empresários tocantinenses irão em busca desses recursos para impulsionar seus negócios.

“O que empresários precisam que é ter acesso a crédito com juros baixos e que os ajudem a fazer a empresa crescer. Assim irá aumentar a geração de empregos e o Estado todo cresce. Pois o que eu digo sempre, o Estado precisa ser menor e é a iniciativa privada quem tem que gerar os empregos para a nossa população”, declarou.

Também presente à reunião, o presidente da Federação das Associações Comercial e Industriais do Estado do Tocantins (Faciet), Fabiano do Vale, comemorou o anúncio da linha de crédito e parabenizou tanto ao Governador pela solicitação como ao Banco do Brasil pela disponibilização dos recursos.

“É um momento ímpar, pois o empresário terá acesso a recursos com uma taxa de juros baixa e será um estímulo para as empresas investirem, melhorarem seus equipamentos, seus estoques, melhoraram sua logística, e isso vai gerar empregos e ajudar o Estado a crescer”, disse Fabiano do Vale.

Presentes
Também estiveram presentes na reunião, o superintendente comercial do Banco do Brasil no Tocantins, Raul Abu Bakr Mohamed Wahbe, o gerente Ricardo Nunes e os secretários da Fazenda e Planejamento, Sandro Henrique Armando e da Indústria e Comércio Ridoval Chiareloto. (Com informações da Secom)


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também