CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Consórcio de Petrobras e chineses oferece pelo pré-sal valor abaixo do previsto; repasse ao TO deve ser menor

Consórcio de Petrobras e chineses oferece pelo pré-sal valor abaixo do previsto; repasse ao TO deve ser menor
5 (100%) 10 votos

Sem concorrência, a Petrobras foi soberana no maior leilão de petróleo e gás da história, realizado na manhã desta quarta-feira, 6, no Rio de Janeiro. A rodada era referente ao excedente da cessão onerosa do pré-sal, e o governo previa arrecadar até R$ 106,5 bilhões com bônus de assinatura, mas o valor ficou em R$ 69,96 bilhões, já que dois campos não receberam ofertas.

Deve ser menor

Com isso, cai por terra a previsão do governo do Tocantins de que o repasse de parte desses recursos ao Estado chegaria a R$ 286 milhões.

Maior montante

Ainda assim, esse é o maior montante já arrecadado em um leilão com pagamento por direitos de exploração de petróleo. As cessões do pré-sal são feitas em um modelo de bônus de assinatura fixo, e o vencedor é escolhido de acordo com o percentual de petróleo oferecido ao governo durante a vigência de contrato. Aquele que ceder a maior fatia ganha.

Valor mínimo

O bloco mais cobiçado, o de Búzios, teve apenas um lance, de R$ 68,194 bilhões, feito por um consórcio formado pela Petrobras (90%) e pelas semiestatais chinesas CNODC e CNOOC (5% cada uma). A oferta é de ágio zero sobre os 23,14% estabelecidos como valor mínimo no edital.

Sozinha

A Petrobras ainda faturou sozinha o bloco de Itapu, com ágio zero (mínimo de 18,15%) e bônus de assinatura de R$ 1,766 bilhão. Já os campos de Sépia e Atapu não receberam ofertas. Os dois últimos blocos já receberam investimentos da Petrobras, e eventuais compradores teriam de pagar uma compensação para a estatal. Como o valor não foi definido, isso acabou espantando as ofertas.

Apenas 3

Ao todo, 14 empresas estavam habilitadas a participar do megaleilão, mas apenas três (Petrobras, CNOOC e CNODC) fizeram ofertas. (Com informações da Agência Ansa)


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também