CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Campanha contra aftosa será aberta no sábado com objetivo de imunizar 4 milhões de bovídeos

Campanha contra aftosa será aberta no sábado com objetivo de imunizar 4 milhões de bovídeos
5 (100%) 10 votos

A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) abrirá oficialmente a 2ª fase da campanha de vacinação contra a febre aftosa, no sábado, 9, às 9 horas, na Fazenda Bahia, do produtor rural Zevite de Brito Alves, em Gurupi, região sul do Estado. Aproximadamente 4 milhões das cerca de 8,5 milhões de bovídeos (bovinos e bubalinos) estarão envolvidos nesta etapa, já que desde 2009, os animais adultos são dispensados da vacinação. A campanha começou no dia 1º e segue até o dia 30, para bovinos de até 24 meses de idade.

Multa

A multa para quem deixar de vacinar é R$ 5,32 por animal e R$ 127,69 por propriedade não declarada. A emissão da Guia de Trânsito Animal (e-GTA), documento obrigatório para movimentação dos animais, está condicionada a comprovação da vacinação.

Em lojas licenciadas

A vacina deve ser adquirida em lojas licenciadas pela Adapec e mantida em temperatura ideal até o momento da aplicação. O correto é conservá-las em caixa de isopor com três partes de gelo para cada parte de vacina e preferir horários mais frescos do dia para o manejo do gado. O ideal também é aproveitar a oportunidade e vacinar os animais contra brucelose, raiva, além de realizar a vermifugação.

Zona livre sem vacinação até 2021

O presidente da Adapec, Alberto Mendes da Rocha, explicou que, duas vezes por ano — maio e novembro —, seguindo o calendário de vacinação, é promovido o encontro com os produtores rurais para fazer a convocação. “É um chamamento para que eles tenham consciência da importância de prevenir a doença, bem como informá-los sobre as estratégias para manutenção e evolução do status sanitário, que até 2021 pretende alcançar a zona livre sem vacinação”, ressalta.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também