CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Sobre 1% para data-base, Carlesse destaca reenquadramento à LRF: “Não podemos perder essa condição”

Sobre 1% para data-base, Carlesse destaca reenquadramento à LRF: “Não podemos perder essa condição”
5 (100%) 10 votos

Responsável pela proposta da data-base unificada de 1% para servidores de todos os Poderes, o governador Mauro Carlesse (DEM) se manifestou nesta quinta-feira, 10, após a aprovação do índice na Assembleia Legislativa (AL), sob protestos do funcionalismo. O chefe do Executivo defendeu a importância da medida para a manutenção do Tocantins no limite de gastos de pessoal estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). “Foi muito difícil chegar nesse enquadramento e não podemos perder essa condição”, afirma.

INPC é impossível

Carlesse lamentou o fato de não ter conseguido repor o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), mas alega impossibilidade orçamentária para tanto. “Sabemos que os nossos servidores merecem uma reposição maior, mas neste momento não é possível. Vamos recuperar a capacidade de investimento do Estado, aumentar a arrecadação, continuar cortando despesas do governo, para, em breve, conseguir fazer a reposição na medida que os nossos servidores precisam e merecem”, ressalta o governador.

Compromisso com a reorganização

Apesar de o presidente do Tribunal de Justiça (TJTO) já ter negado o suposto acordo pela data-base unificado, Mauro Carlesse elogiou os demais Poderes. “Essa aprovação na Assembleia Legislativa demonstra que os deputados e os chefes de todos os Poderes estão comprometidos com a reorganização do Estado. Todos estão reduzindo despesas para manter o Tocantins enquadrado na LRF”, afirmou.

País vive situação difícil

O governador ainda comparou a situação do Tocantins com o resto do País. “Estamos conseguindo pagar em dia os nossos servidores e somos um dos poucos estados que vai conceder a data-base esse ano. Pelo que sabemos, 17 estados não terão data-base em 2019, isso demonstra que todo o País vive uma situação difícil e, mesmo com todos esses problemas, estamos conseguindo cumprir, dentro na nossa realidade, esses compromissos”, afirmou o governador em material da equipe de comunicação.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também