CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Contrato com empresa vence, Detran fica sem oferecer vistoria e não dá prazo para solução

Departamento de Trânsito garante que já adota “todas as providências” para solucionar o problema

Contrato com empresa vence, Detran fica sem oferecer vistoria e não dá prazo para solução
4.7 (93.33%) 3 votos

A redação do CT recebeu reclamação nesta terça-feira, 25, de que o Departamento de Trânsito do Tocantins (Detran) não estaria oferecendo serviços de vistoria veicular. A falta do procedimento prejudica a compra e venda de carros, visto que o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) obrigo que o serviço seja realizado em casos de transferência de veículos.

Neymar Tavares, que apresentou o problema ao CT, contou o episódio que presenciou órgão. “Eu tinha uma vistoria marcada no Detran marcada para hoje [terça-feira, 25] às 10 horas da manhã, de um veículo que estou comprando. E chegando, a empresa nos informa que o credenciamento deles venceu e que não está fazendo nenhuma vistoria. Um desastre. Como um governador deixa vencer o credenciamento da empresa, prejudicando a população em geral?”, critica.

Sem prazo para solução
Acionado, o Detran confirmou o problema. “
A Aliança Vistoria teve o seu contrato encerrado dia 20 deste mês. A empresa era a única credenciada para atuar em tal serviço, em vigência desde 2015”, narra em nota.

O departamento acrescenta ainda que o processo de credenciamento de empresas de vistoria está suspenso pela justiça, o que não permitiu a realização de contrato com novo prestador. 

“O Detran informa ainda que está tomando todas as providências necessárias para solucionar o problema e não afetar a população”, encerra a nota, sem dar prazo para solucionar o problema.

Leia a íntegra da nota:

“O Departamento de Trânsito do Tocantins (Detran-TO) informa que a empresa Aliança Vistoria teve o seu contrato encerrado dia 20 deste mês. O referido contrato tinha o prazo de validade de quatro anos, sendo que a empresa aliança era a única credenciada para atuar em tal serviço, em vigência desde 2015. 

Ressaltamos que o processo de credenciamento está suspenso pela justiça, por isso, no momento estamos sem o fornecimento do serviço de vistoria de identificação veicular. O Detran informa ainda que está tomando todas as providências necessárias para solucionar o problema e não afetar a população”


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também