CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Morador de Dianópolis está internado em Brasília com Covid-19; TO aguarda DF para ver para qual Estado será contado

No sudeste do Tocantins, o Comitê Gestor instalado pela Prefeitura de Dianópolis, responsável pelas medidas de enfrentamento ao novo coronavírus, confirmou o primeiro caso de Covid-19 no município. Conforme a assessoria de imprensa da prefeitura, a informação foi repassada pela Secretaria Estadual de Saúde na manhã deste sábado, 4. Até essa sexta-feira, 3, o governo do Tocantins confirmava 13 casos, dos quais 10 em Palmas e 3 em Araguaína. Assim, com essa confirmação, em tese, o número de positivações no Estado chegaria a 14. A Secretaria Estadual de Saúde, contudo, ainda não se manifestação sobre esse caso de Dianópolis.

TO ou DF?

Em tese, porque, conforme a Coluna do CT apurou, o paciente reside em Dianópolis, mas está internado em Brasília. Dessa forma, o Tocantins aguarda as comunicações da vigilância sanitária de Brasília para saber o rastreamento epidemiológico, ou seja, se o caso contará para o Tocantins ou para o Distrito Federal. Inicialmente, a avaliação é de que ele deve ter sido infectado em Brasília, onde está um dos piores cenários da Covid-19 do País.

Em clínica particular

De acordo com o município, o caso foi notificado como suspeito em Dianópolis, onde em seguida a pessoa procurou a realização do teste em clínica particular, tendo a confirmação positiva para Covid-19.

22 casos suspeitos

Segundo a prefeitura, até o momento foram notificados 22 casos suspeitos no município, dos quais seis já descartados por exame ou fim de período de contágio; 15 se encontram em análise e uma confirmação para teste positivo. Todos os casos notificados como suspeitos são repassados a Secretaria Estadual da Saúde, seguindo os protocolos determinados pelo Ministério da Saúde.

Recomendações das autoridades sanitárias

Conforme o município, todas as medidas orientadas no protocolo do Ministério da Saúde já foram tomadas, a Semus monitora o ciclo de contatos da pessoa testada positivo e segue as recomendações das autoridades sanitárias.

Fique em casa

A Prefeitura disse que continua pedindo para que a população permaneça em casa, mantendo as restrições de aglomeração, com o objetivo de prevenção e proliferação do vírus, adotando as orientações repassadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também