CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Estado registra queda nos crimes contra a vida, de furtos e roubos no 1º bimestre; Bombeiros realizaram mais atendimentos

A Secretaria de Segurança Pública (SSP), a Polícia Militar (PMTO) e o Corpo de Bombeiros (CBMTO) apresentaram na manhã desta terça-feira, 3, o balanço das ações do segundo trimestre de 2021, que registrou queda significativa nos índices de criminalidade no Estado. “O trabalho de integração realizado por todas as forças de segurança é a resposta da implementação das políticas ao longo dos últimos dois anos, entre elas, o Sistema Integrado de Metas. […] Ocorreu a elaboração, de forma conjunta, do fortalecimento de estratégias e consequentemente o alcance das metas de redução criminal permanente e construção de um estado mais seguro para se viver”, destacou o secretário Cristiano Sampaio.

Crimes contra a vida e contra o patrimônio

Conforme a SSP, os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) apresentaram queda de 6,2% no segundo trimestre e de 20,2% no primeiro semestre deste ano, comparados com o mesmo período de 2020. 

Homicídios

Nos três últimos meses deste ano, os crimes de homicídio reduziram 22,1%. Enquanto em 2020, a Polícia Militar atendeu 68 ocorrências de crimes contra a vida, em 2021 foram 53. Os dados relacionados às tentativas de homicídio também apresentaram redução e de 118 casos em 2020 caíram para 88 atendimentos em 2021. Os casos de violência doméstica também apresentaram nos meses de abril, maio e junho de 2021 redução de 35,3%.

Furtos e roubos

Os crimes de furto e roubo também apresentaram redução nos atendimentos de 26% e 37%, respectivamente, em comparação aos dados do segundo trimestre do ano anterior. Em 2020 foram 1.664 ocorrências atendidas, enquanto em 2021 foram 1.155 ocorrências de furto e roubo.

Incêndios e buscas contribuíram para crescimento dos atendimentos operacionais dos Bombeiros

Já os atendimentos operacionais do CBMTO, referentes aos meses de abril, maio e junho deste ano, apontam um crescimento de 4,9%. Os dados são comparados com o mesmo trimestre de 2020. As ações com maior contribuição no aumento do índice são combate a incêndios, com 135 ocorrências a mais. Em 2020, foram registrados 277, contra 412 em 2021, revelando aumento de 48,7% nessa natureza de atendimento. Busca e salvamento apontam 119 registros a mais neste trimestre: em 2020 houve 373, contra 492 em 2021, ou seja, um percentual de 31,9% a mais no comparativo dos dois anos.

Trânsito

Por outro lado, o Atendimento Pré-Hospitalar (APH), em que os socorristas vão para os locais de acidentes de trânsito, registrou queda de 7% no trimestre. Em abril, maio e junho de 2020 foram 1.524 ações contra 1.418 deste ano. As chamadas Atividades Preventivas também registraram leve queda, chegando a 3,9% (2020 foram registradas 180 ações e 172 em 2021). Ainda na oferta de ações de defesa civil o percentual de queda foi de 1,6% (368 em 2020, contra 362 em 2021).


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também