CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

PGJ envia PLs à AL para estender indenização por férias vencidas a efetivos e comissionados

PGJ envia PLs à AL para estender indenização por férias vencidas a efetivos e comissionados
2.1 (42.22%) 36 votos

A Assembleia Legislativa recebeu esta semana dois Projetos de Lei de autoria do Colégio de Procuradores de Justiça para estender a indenização pelo período de férias vencidos e não usufruídos aos servidores efetivos e comissionados do Ministério Público do Tocantins (MPE). 

Tratamento diferenciado

Em uma das justificativas, o procurador-geral de Justiça (PGJ), José Omar De Almeida Júnior, afirma que o colegiado superior do órgão reconheceu o tratamento diferenciado “em termos vencimentais” entre promotores e procuradores e servidores, que já tinham o direito. 

Cumprimento aos mesmo tratamento

Conforme esclareceu o PGJ, uma mudança na legislação é necessário para corrigir esta diferenciação. “Assim, com vistas a dar cumprimento ao mesmo tratamento no tocante à indenização de férias vencidas e não usufruídas entre membros e servidores, afigura-se necessário a modificação legal conforme Projeto de Lei”

Estudo de impacto financeiro dispensável

O PGJ ainda afirma que tal alteração na legislação dispensa estudo de impacto orçamentário-financeiro porque a concessão de indenização só acontecerá por ato do chefe do MPE se houver disponibilidade financeira.

Proposta do sindicato

Acionado pela Coluna do CT, o MPE informou que a indenização de férias foi uma proposta do Sindicato de Servidores Administrativos do Ministério Público (Sindsempto), que foi aprovada pelo Colégio de Procuradores e assim encaminhada à AL. Sobre a questão do impacto financeiro, o órgão reforçou que os pagamentos só serão feitos mediante disponibilidade financeiro-orçamentária.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também