CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

População indígena responde por 253 dos 377 casos de Covid-19 de Formoso do Araguaia

O Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal da Saúde de Formoso do Araguaia mostra que dos 377 casos de Covid-19 do município, 253 foram confirmados em indígenas, ou seja, 67,1% do total. Um deles morreu nessa quinta-feira, 9, o cacique Juraci Wasari Javaé, 79 anos, o primeiro indígena morto pela doença no Tocantins.

169 de 176 novos casos

A cidade disse que confirmou só nessa quinta-feira 176 novos casos, dos quais 169 de indígenas e apenas 7 de Formoso.

Intervenção federal

O ex-vereador e advogado Ronison Parente contou ter conversado com os senadores Eduardo Gomes (MDB), Kátia Abreu (Progressistas) e Irajá Abreu (PSD). Parente defendeu uma intervenção federal na questão. “Não é possível não haver um pronunciamento federal sobre o assunto”, afirmou.

Sem estrutura

Ele explicou que a situação vem sendo administrada pela Secretaria de Saúde de Formoso, mas que avaliou que a pasta “não tem competência jurídica para isso”. “A população indígena é atendida pela Secretaria Especial de Saúde Indígena, vinculada ao Ministério da Saúde. Os indígenas estão sendo trazidos para o SUS local, que não tem estrutura nenhuma de atendimento, não tem respiradores, não tem médico infectologista, não tem médico sanitarista, não tem estrutura de transporte adequado”, elencou.

Na Ilha do Bananal

Para ele, através de uma intervenção federal, seria possível estruturar uma espécie de hospital de campanha na Ilha do Bananal, com profissionais especialistas no assunto e com estrutura física e de logística adequada.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também