CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Prefeitura de Palmas atende recomendação de órgãos de controle e implanta barreira sanitária na rodoviária

A Prefeitura de Palmas comunicou que implantará a partir desta quarta-feira, 1º, uma barreira sanitária no Terminal Rodoviário da Capital para evitar a proliferação da Covid-19. A iniciativa será realizada pela a vigilância sanitária municipal (Visa) em parceria com a Agência Tocantinense de Regulação (ATR) e outros órgãos. A decisão do Paço atende à uma recomendação conjunta Ministérios Públicos do Tocantins (MPE), Federal (MPF) e do Trabalho (MPT).

Blitz sanitária

A Vigilância de Palmas promoverá durante os períodos de maior movimentação da rodoviária ações de orientação e informação aos passageiros, motoristas e trabalhadores do local por meio de blitz sanitária. As ações envolvem aplicação de questionário rápido de cunho clínico-epidemiológico com o objetivo de coletar informações sobre o contato com pessoas confirmadas ou suspeitas para Covid-19, bem como regiões frequentadas recentemente por estas pessoas.

Orientação e encaminhamento

Conforme o município, a fiscalização também vai orientar as pessoas sobre identificação dos sintomas, fluxo de atendimento na rede de saúde, local e condutas a seguir em pessoas com suspeitas e ainda encaminhará esses casos, no momento da entrevista, para atendimento e agendamento de coleta de teste no prazo adequado. 

Pandemia já reduziu movimento

Na avaliação do fluxo do Terminal Rodoviário, a Secretaria Municipal de Saúde afirma ter sido informada que houve uma redução de 90% do movimento, com diminuição dos ônibus vindos da Bahia, Maranhão, Pará e São Paulo. Porém, existe previsão das linhas do Pará e São Paulo serem reativadas em julho.

Covid-19 em Palmas

O último boletim epidemiológico da Capital lista 1.714 casos confirmados de Covid-19, sendo que 17 destes evoluíram a óbito. A taxa de ocupação hospitalar no município é de 43,27%, contando leitos clínicos e de unidade de terapia intensiva.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também