CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Novidades e mais oportunidades para os pequenos, médios e grandes produtores rurais do País

Novidades e mais oportunidades para os pequenos, médios e grandes produtores rurais do País
avaliar matéria

O Plano Safra 2019/2020, após 20 anos, irá atender pequenos, médios e grandes produtores rurais do país, com os planos Safra da Agricultura Familiar, Agrícola e Pecuário em uma mesma política pública. São R$ 225, 59 bilhões em recursos para apoiar toda a produção agropecuária nacional.

A Sicredi União MS/TO e Oeste da Bahia disponibilizará o montante equivalente a R$ 399 milhões, sendo que R$309 milhões são destinados às operações de custeio/comercialização (32% a mais do que o Plano Safra anterior) e cerca de R$ 70 milhões projetados para os investimentos BNDES, considerando o período de 01/07/2019 a 30/06/2020 e 20 milhões ao FCO, aos médios e grandes produtores rurais.
Quanto ao seguro agrícola, o produtor contará com uma ajuda maior para proteger suas atividades: o governo mais do que dobrou o valor de subvenção ao seguro rural, alcançando a cifra inédita de R$ 1 bilhão.

Aproveitando as possibilidades das novas tecnologias, uma grande novidade foi o lançamento do aplicativo Plantio Certo. Com ele, os produtores rurais poderão acessar, de forma mais prática, as informações oficiais do Zoneamento Agrícola de Risco Climático (ZARC) que permite identificar a melhor época de plantio das culturas, para minimizar os riscos relacionados aos fenômenos climáticos.

Com relação aos juros das operações, os agricultores que se enquadram no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) terão taxas de juros entre 2,5% e 4,6% ao ano. Para os médios agricultores (Pronamp), o índice é de 6% ao ano para custeio e 7% para operações de investimento. Os demais terão juros de 8% ao ano para operações de custeio e, para os programas de investimento, a taxa varia de 5,5% a 10,5% ao ano, dependendo da linha financiada.

Para auxiliar melhor os associados no Tocantins, a Sicredi União MS/TO e Oeste da Bahia realizou uma reunião, na sede da agência em Palmas, com 40 projetistas de diferentes regiões do Estado, que estiveram presentes para conhecer como o Sicredi trabalha no credito rural, o volume de recurso disponível para custeio e investimento aos associados produtores, todos os diferenciais do plano safra da cooperativa.

O objetivo da cooperativa foi auxiliar os projetistas a entenderem de forma detalhada cada etapa da contratação desse tipo de produto e, assim, ganhar tempo para o desenvolvimento das demais etapas, concluindo o plano safra com sucesso para os associados que contratam esse serviço. O gerente regional Centro Norte Tocantins, Diogo Pelissaro, avaliou a reunião positivamente. “A Nosso maior objetivo é estreitar o relacionamento do Sicredi com os projetistas da região. Promover essa oportunidade de relacionamento garantirá maior assertividade nos projetos encaminhados a Cooperativa e, consequentemente, o sucesso dos associados produtores que contratam esse tipo de serviço”, disse.

Safra 2018/2019
Com o encerramento do Plano Safra 2018/2019, no dia 30 de junho, o Sistema Sicredi deve ultrapassar o total de R$ 14,2 bilhões liberados nas linhas de custeio e comercialização. Já a Sicredi União MS/TO e Oeste da Bahia prevê o montante de R$ 232,2 milhões em crédito rural. (Da assessoria de imprensa)


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também