CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Gerson Alves afirma que exonerações foram por causa de sua saída da base: “Cinthia agiu por pura maldade”

Gerson Alves afirma que exonerações foram por causa de sua saída da base: “Cinthia agiu por pura maldade”
5 (100%) 1 voto

O vereador Gerson Alves (PSL) voltou a falar com a Coluna do CT, mas desta vez para desmentir a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB), em relação as exonerações publicadas no Diário Oficial de terça-feira, 24. Nas redes sociais, a chefe do Executivo falou que as 39 demissões foram pontuais e que haverá substituição, enquanto nota da Secretaria Municipal da Educação (Semed) cita que ao menos 23 deles já havia solicitado desligamento, enquanto outros três seriam recontratados.

Quem que iria pedir conta?

Gerson Alves questiona a versão dada por Cinthia Ribeiro e secretaria. “Não dá para ficar ouvindo a prefeita com estas mentiras, dizendo que o pessoal já ia pedir conta. Quem que iria pedir conta? Ela tem que assumir que fez isso porque saí da base dela”, defendeu o vereador. “As pessoas me procuravam no gabinete para pedir emprego. Eu fazia ofício solicitando para quem de acordo com a possibilidade, empregar essas pessoas. Como eu era da base, ela [Cinthia Ribeiro] ia atendendo”, reforçou.

Nem todos indicações

O parlamentar destaca que nem todos eram indicações políticas diretas, mas apenas alguns profissionais que buscou ajudar. “As pessoas me procuravam no gabinete para pedir emprego. Eu fazia ofício solicitando para quem de acordo com a possibilidade, empregar essas pessoas. Como eu era da base, ela [Cinthia Ribeiro] ia atendendo”, comentou.

Pura maldade

Gerson Alves ainda continuou com as críticas. “Ela fica com mentiras para a cidade. Cinthia agiu por pura maldade porque saí da base dela. Ela sabe disto. Tem que parar de ficar mentindo. Ela achava que todo este pessoal era meu”, encerrou.

Muito trabalho

Em nota por sua assessoria de imprensa, a prefeita lamentou “o posicionamento do vereador que até então foi sempre respeitado e bem recebido por ela, secretários e toda a gestão”. “Mas, em face de toda essa crise mundial, [a prefeita] tem muito trabalho para realizar em prol da cidade e não vai desviar o foco para essa discussão que considera desnecessária”, afirmou.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também