CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Cinthia Ribeiro não descarta lockdown em Palmas, mas defende ação conjunta com Estado e municípios vizinhos

A prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) foi a público no fim da tarde desta terça-feira, 4, se manifestar publicamente sobre a possibilidade do chamado “lockdown”, o fechamento total das atividades. A tucana não descarta adotar a medida caso seja necessário, mas volta afirmar que tal decisão isolada não surtiria efeitos. O Paço já vem defendendo uma ação conjunta com municípios da região central.

Gesto não cabe a um único ente federado

Em postagens feitas no Twitter, Cinthia Ribeiro explica que um lockdown necessita de uma discussão bem mais ampla, já que o município é referência para uma série de outras cidades. “Como gestora pública digo que um ato desses não é tarefa fácil, porque o gesto não cabe a um único ente federado. Palmas é praticamente integrada a outros municípios e não me compete dizer o que é o correto para o outro. Tenho que pensar em nossa capital como região metropolitana”, sugere.

Lockdown isolado não resolveria situação

Diante deste cenário é que a prefeita defende que a discussão também seria de “competência” das cidades vizinhas e do governo estadual posicionamento das cidades vizinhas e também do Palácio Araguaia sobre o tema. “A média e alta complexidade hospitalar tem o Hospital Geral como referência para Palmas, para os demais municípios tocantinenses e outros estados brasileiros que buscam suporte aqui. Palmas, isoladamente, não resolveria seu status de saúde com o lockdown”, justifica.

Decisões assertivas, mas Palmas ainda está em viés de crescimento

Cinthia Ribeiro demonstra ciência do esforço da população para conter a Covid-19, mas reforça que espera a manutenção dos cuidados para superar a crise. “A população já não suporta sozinha tudo que vem passando para conter a circulação do vírus. As decisões que tomamos até agora foram assertivas e ajudaram a manter a curva achatada. Porém, estamos com viés de crescimento. Confio que a população saberá compreender esse momento, reforçará e manterá o isolamento possível e vamos sair dessa pandemia mais fortes que somos, cumprindo o que está estabelecido nos decretos já baixados”, comenta.

Palmas não vai hesitar recorrer ao lockdown se necessário

Cinthia Ribeiro encerra revelando que não descarta fechar a cidade, mas apenas com garantia de resultados. “Se necessário não hesitaremos naquilo que somos responsáveis, inclusive no próprio lockdown, desde que analisado conjuntamente para ter os efeitos necessários”, comenta.

Veja abaixo a série de postagens da prefeita Cinthia Ribeiro:


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também