CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

MAITÊ BRANDÃO / Otoplastia

MAITÊ BRANDÃO / Otoplastia
avaliar matéria

Você já deve ter ouvido alguém ser chamado de “orelha de abano” ou quem sabe você mesmo já foi vítima algumas vezes dessas brincadeiras desagradáveis. Pois é o que pouca gente sabe é que na verdade esse “apelido” é realmente o nome consagrado para o uso desta deformidade congênita.

Por tanto o portador de orelha de abano,  sofre com preconceito da sociedade pela sua aparência pouco harmônica. Essa deformidade é causada por um excesso de cartilagem da parte posterior da orelha ou mesma pela pouca curvatura da mesma. Em alguns casos essas enfermidades se dá por um simples fator genético filho de peixe peixinho é. Não são raros ver alguns casos como por exemplo mulheres que tentam disfarçar ou até mesmo esconder esse probleminha . Em casos de uma festa por exemplo elas necessitam usar penteados elaborados que evidenciariam a proeminência das orelhas.

Esse comportamento só demonstra o quanto essa deformidade incomoda aqueles que a possuem.

Bem mas esse problema é relativamente simples de resolver a maioria dos cirurgiões plásticos realizam essa cirurgia. A otoplastia  (cirurgia corretiva das orelhas de abano) deve ser realizada acima de 5 a 7 anos, quando as orelhas já estão formadas, praticamente com seu tamanho definitivo e no momento em que pode haver maior assédio por parte dos colegas, é bom que seja feito nessa fase para evitar os traumas psicológicos. Mas se passado essa frase pode ser feita em qualquer idade.

Como é a cirurgia?

A cirurgia normalmente é realizada sobre uma leve sedação associada a anestesia local e em crianças menores pode se também utilizar anestesia geral.

É feita uma incisão atrás da orelha por onde se retira o excesso de pele que se molda a cartilagem a fim de corrigir eventuais contornos.

A orelha então reposicionar dentro dos padrões normais da otoplastia é uma cirurgia que requer um trabalho minucioso para um melhor resultado. é um resultado mais natural não demanda grandes agressões no organismos a cicatriz ela fica praticamente imperceptíveis normalmente não há complicações no pós-operatório da otoplastia os pontos eles podem ser retirado de 8 a 10 dias após a cirurgia o resultado é imediato satisfatório, porém o resultado definitivo da otoplastia Vista a regressão do edema que costuma ser leve a satisfação do paciente neste tipo de cirurgia costuma ser bastante alta.

Maitê Brandão

CRM TO 4846 RQE 2158 ( diretora técnica na clínica maite Brandão )
Email [email protected]


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também