CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Acipa defende manutenção do Palmas Solar e recebe apoio de Frente Parlamentar para solucionar estacionamento rotativo

Acipa defende manutenção do Palmas Solar e recebe apoio de Frente Parlamentar para solucionar estacionamento rotativo
5 (100%) 10 votos

Com a participação de membros da Frente Parlamentar em Defesa do Comércio, a Associação Comercial e Industrial de Palmas (Acipa) realizou na tarde de terça-feira, 3, uma assembleia geral. Na pauta, o estacionamento rotativo voltou a ser tratado, bem como a manutenção da legislação que garante isenção do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para os estabelecimentos que instalaram sistema de produção de energia fotovoltaica.

Sem representante do Paço para falar do estacionamento

Provocado por um associado sobre a expansão da cobrança do estacionamento rotativo foi brevemente abordado na reunião. “Acabou que não foi o tema central da reunião como eu queria porque a pessoa da prefeitura com ia ficou impossibilitada de ir”, comentou o presidente da Acipa, Joseph Madeira, que revelou a intenção do Paço em encerrar o contrato com a concessionário. “Pelas informações que tenho a prefeitura só mantém a empresa por causa da liminar, e entrou com agravo de instrumento”, comentou.

Presidente da Acipa, Joseph Madeira [4º da esq. para dir.] ao lado dos vereadores presentes na assembleia (Foto: Divulgação)

Apoio da Frente

Sobre o tema ficou deliberado que a Frente Parlamentar em Defesa do Comércio iria atuar em conjunto com a Acipa frente à Prefeitura de Palmas para encontrar uma solução relacionado ao estacionamento rotativo. “A questão está um pouco sub judice. Vamos trabalhar em conjunto para entender como está a situação, o problema, para ver que tipo de solução podemos encontrar”, disse Joseph Madeira à Coluna do CT, que não quis fazer críticas diretas ao serviço.Eu me pauto pelo diálogo. Gosto de me municiar de elementos que possam contribuir para a solução”, acrescentou.

Manutenção do Palmas Solar

Outra pauta da reunião foi a possibilidade da alteração do programa “Palmas Solar”, que prevê descontos de até 80% no IPTU por cinco anos para os que aderirem à produção de energia fotovoltaica. “É importante manter esse estímulo à produção de energia limpa às empresas e a população de modo geral. O retorno do investimento em médio prazo gera a oportunidade do aumento de receitas aos empreendedores e economia nos lares palmenses. Isso significa na prática a expansão do setor produtivo, a geração de mais empregos e uma economia aquecida pelo aumento do poder de compra da população”, defendeu Joseph Madeira.

Câmara presente

Se o Executivo não marcou presença, o Legislativo da Capital esteve em peso na reunião. Além da Frente Parlamentar em Defesa do Comércio, formada por Diogo Fernandes (PSD), Tiago Andrino (PSB),  Laudecy Coimbra (SD) e Hélio Santana (PV), o presidente da Câmara de Palmas, Marilon Barbosa (PSB), também acompanhou as discussões.

Mais saúde

Durante a reunião também foram apresentado o novo programa oferecido pela Acipa ao empresariado palmense, o “Mais Saúde”, que disponibiliza às empresas associadas os serviços de atendimento médico e a realização de exames ligados à medicina do trabalho, sem que haja necessidade de deslocamento dos funcionários do local de trabalho para receber atendimento.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também