CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Diante da gravidade da Covid-19 no Bico, promotores defendem estruturação de UTI em Augustinópolis

Promotores defenderam em reunião online do Centro de Apoio Operacional da Saúde (Caosaúde) do Ministério Público do Tocantins (MPTO) a necessidade de estruturação de UTI em Augustinópolis para tratamento específico dos casos de Covid-19 na região do Bico do Papagaio. A coordenadora do Caosaúde, promotora Araína Cesárea D’Alessandro, afirmou que os participantes relataram a preocupação com o número crescente de infectados e óbitos apresentados no Boletim Epidemiológico da Covid-19 divulgado pelo governo do Tocantins. “Somente as UTIs do Hospital Regional de Araguaína e do Hospital Dom Orione não serão suficientes para atender toda a demanda de pacientes com a Covid-19 nesta região”, avaliou.

9 das 12 mortes do norte do TO

Dos 932 casos confirmados com a Covid-19, no Boletim divulgado nessa quarta-feira, 13, 562 foram notificados na região norte, sendo 115 no Bico do Papagaio. Dos 21 óbitos, 12 aconteceram em municípios da região norte, dos quais 9 ocorreram no Bico.

Subnotificação

O promotor Paulo Sérgio Ferreira de Almeida observou que a disparidade entre os casos notificados e o alto índice de mortes no Bico do Papagaio sinaliza que há subnotificação de casos nesses municípios. Os promotores devem avaliar quais medidas podem ser tomadas por parte do Estado visando à estruturação de leitos de UTI para a Covid-19 no Hospital Regional de Augustinópolis.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também